Publicidade

Estado de Minas INQUÉRITO

Promotora que investiga Flávio Bolsonaro é madrinha da advogada do senador

Carmen Eliza foi transferida pelo Ministério Público para cuidar da investigação sobre falsidade ideológica eleitoral do senador


02/03/2021 10:48 - atualizado 02/03/2021 11:32

Advogada de Flávio Bolsonaro(foto: Agência Senado/Reprodução)
Advogada de Flávio Bolsonaro (foto: Agência Senado/Reprodução)
O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) está sendo investigado pelo crime de falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro. E a promotora encarregada do caso, Carmen Eliza, é madrinha de casamento de Luciana Pires, advogada do filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro. Ela é a mesma que foi afastada das investigações da morte da vereadora Marielle Franco, em 2019.

A informação foi revelada pela coluna do jornalista Guilherme Amado, da revista Época. Foram divulgadas também fotos que mostram Carmen no chá de lingerie de Luciana e na foto oficial do casamento, em 2018.

Chá de lingerie da advogada de Flávio Bolsonaro, em 2018, com a atual promotora que cuida da investigação(foto: Reprodução)
Chá de lingerie da advogada de Flávio Bolsonaro, em 2018, com a atual promotora que cuida da investigação (foto: Reprodução)


Carmen foi transferida pelo Ministério Público do Rio nessa segunda-feira (01/03) para cuidar da investigação. O inquérito apura se Flávio Bolsonaro cometeu os crimes de falsidade ideológica eleitoral quando declarou seus bens na campanha para deputado estadual em 2014.
 

A promotora também esteve à frente das investigações do assassinato da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco. Mas, no fim de 2019, ela foi afastada da função após internautas localizarem publicações em suas redes sociais que a mostravam  apoiando a campanha do então candidato à presidência, Jair Bolsonaro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade