UAI
Publicidade

Estado de Minas INVESTIGAÇÃO

PF apreende na casa de Allan dos Santos material referente a Bia Kicis

Material revela que a parlamentar do PSL discutia frequentemente sobre a pauta de intervenção militar com o blogueiro bolsonarista


04/02/2021 19:47 - atualizado 04/02/2021 20:43

Bolsonarista, deputada Bia Kicis designou um assessor para auxiliar o acampamento dos '300 do Brasi', que pedia o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal(foto: Reprodução/Facebook)
Bolsonarista, deputada Bia Kicis designou um assessor para auxiliar o acampamento dos '300 do Brasi', que pedia o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (foto: Reprodução/Facebook)
Cumprindo mandado de busca e apreensão, a Polícia Federal encontrou na casa do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos material que fazia referência à deputada Bia Kicis (PSL-DF), cotada para assumir a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a mais importante da Câmara dos Deputados.

A investigação pertence à operação da PF contra o atos antidemocráticos, no qual manifestantes defendiam a intervenção militar.
 
No material encontrado na casa de Allan dos Santos ficou demonstrado que a parlamentar se reunia com o blogueiro para discutir, de forma regular, pautas sobre intervenção militar.

Além disso, ela prestou informações inverídicas para a CPI das Fake News e designou um assessor para acompanhar e auxiliar os organizadores do acampamento conhecido como “300 do Brasil”, que pedia o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal.

A  investigação da PF aponta ainda formação de rede com empresas sediadas no exterior, suspeita de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e até de "rachadinha". 

O relatório feito pela PF está nas mãos da Procuradoria Geral da República (PGR) e em seguida será encaminhado para o ministro do STF Alexandre de Moraes, que abriu o inquérito.
 

Fechamento de conta 


Nesta quinta-feira (4/2), o Youtube retirou do ar dois canais do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos – Terça Livre TV e Terça Livre Live – , por desrespeitar as diretrizes de comunidade da plataforma de vídeos.

Ele alegou que o encerramento das contas teria a ver com a divulgação de um pedido de impeachment protocolado no Senado Federal contra o ministro do STF Alexandre de Moraes, que é relator do inquérito das fake news.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade