Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Republicanos apoiará candidatura de Rodrigo Pacheco à presidência do Senado

Senador mineiro é tido como o candidato do atual presidente, Davi Alcolumbre (DEM-AP)


08/01/2021 10:31 - atualizado 08/01/2021 10:46

Rodrigo Pacheco ainda não tem um rival direto para a presidência do Senado(foto: Leandro Couri/EM/D. A. Press)
Rodrigo Pacheco ainda não tem um rival direto para a presidência do Senado (foto: Leandro Couri/EM/D. A. Press)
O Republicanos anunciou nesta sexta-feira (08/01) o apoio à candidatura de Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para a presidência do Senado Federal. A legenda conta com três senadores e engrossa um corpo de mais dois partidos ao lado do mineiro.

Antes do Republicanos, PSD e Pros já tinham anunciado apoio ao então pré-candidato Rodrigo Pacheco. Ele é tido como a opção de Davi Alcolumbre (DEM-AP), atual presidente do Senado e que deve integrar a chapa encabeçada pelo senador mineiro.

“O Republicanos acredita que o senador Rodrigo Pacheco tem o preparo necessário para conduzir os trabalhos da Casa, com coerência e determinação e que, de forma conciliadora, saberá lidar com as demais instituições sempre com respeito à Constituição Federal”, diz nota do Republicanos, assinada pelo senador Mecias de Jesus (Republicanos-MA).

Com os apoios declarados pelos três partidos, já são 17 senadores que votarão em Rodrigo Pacheco para presidente do Senado. O Democratas, partido do mineiro e de Alcolumbre, tem cinco nomes na Casa.
 
A eleição para a presidência no biênio 2021-2022 acontecerá em 2 de fevereiro (terça-feira). Ainda não foram definidos outros candidatos para a disputa.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade