Publicidade

Estado de Minas PODER FEMININO

Mulheres que disputaram segundo turno venceram em Minas

Marília Campos (PT), em Contagem; Margarida Salomão (PT), em Juiz de Fora e Elisa Araújo (Solidariedade), em Uberaba bateram seus adversários


29/11/2020 19:55 - atualizado 29/11/2020 20:39

Em Minas Gerais, as três candidatas que disputaram a prefeitura no segundo turno foram eleitas neste domingo (29)(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Em Minas Gerais, as três candidatas que disputaram a prefeitura no segundo turno foram eleitas neste domingo (29) (foto: Redes Sociais/Reprodução)
Em Minas Gerais, as três candidatas que disputaram a prefeitura no segundo turno foram eleitas neste domingo (29). São elas: Marília Campos (PT) em Contagem; Margarida Salomão (PT) em Juiz de Fora e Elisa Araújo (Solidariedade) em Uberaba.
 
 

Contagem 


Marília Campos vai para o terceiro mandato na Prefeitura de Contagem(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D. A. Press)
Marília Campos vai para o terceiro mandato na Prefeitura de Contagem (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D. A. Press)
Psicóloga formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e militante do Partido dos Trabalhadores (PT) desde a década de 1980, Marília Campos recebeu 51,35% dos votos válidos e venceu Felipe Saliba (Democratas), em Contagem. 

Esse será o terceiro mandato da prefeita eleita. Isso porque ela já governou a cidade de 2005 a 2012, por dois mandatos seguidos. O vice-prefeito de Contagem será Dr. Ricardo Faria (MDB).
 

Juiz de Fora 

Margarida Salomão (PT) é primeira mulher eleita prefeita de Juiz de Fora(foto: Assembleia de Minas Gerais/ Reprodução)
Margarida Salomão (PT) é primeira mulher eleita prefeita de Juiz de Fora (foto: Assembleia de Minas Gerais/ Reprodução)
Margarida Salomão (PT) é primeira mulher eleita prefeita de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. A candidata derrotou Wilson Rezato (PSB). Ela recebeu 54,98% dos votos. O vice-prefeito é o ex-vereador Kennedy Ribeiro (PV).

Margarida tem 70 anos e já disputou por outras três vezes a cadeira do Executivo; em 2008, 2012 e 2016, chegando todas as vezes ao segundo turno, mas sem sucesso.

Além de ter a primeira mulher à frente do Executivo municipal, pela primeira vez Juiz de Fora será governada pelo Partido dos Trabalhadores (PT). 
 

Uberaba 

Em Uberaba, Elisa Araújo (Solidariedade), foi eleita com ajuda do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO)(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Em Uberaba, Elisa Araújo (Solidariedade), foi eleita com ajuda do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO) (foto: Redes Sociais/Reprodução)
Em Uberaba, Elisa Araújo (Solidariedade), foi eleita para os próximos quatro anos. Ela teve 85.990 votos, representando 57,36%. O vice é Moacyr Lopes, do mesmo partido.

Esta também é a primeira vez que uma mulher é eleita chefe do Executivo na história de Uberaba. Esta também será a primeira vez que Elisa ocupará um cargo público.

A candidata derrotou Tony Carlos (PTB), que ficou em segundo lugar com 42,64% dos 63.932 votos.
 
*Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade