Publicidade

Estado de Minas AFASTAMENTO IMEDIANTO

Deputados pedem saída de Eduardo Bolsonaro da Comissão de Relações Exteriores

Pedido foi feito após a nova 'troca de farpas' entre o filho 03 do presidente e a representação diplomática da China


26/11/2020 15:36 - atualizado 27/11/2020 16:21

Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)(foto: Agência Brasil/Reprodução)
Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) (foto: Agência Brasil/Reprodução)
Depois da nova troca de farpas entre o deputado federal e filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), e a representação diplomática da China, alguns deputados protocolaram nesta quinta-feira (26) um requerimento pedindo ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que paute o “afastamento imediato” de Eduardo da presidência da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Casa.

O documento foi assinado pelos deputados Perpétua Almeida, presidente da Frente Parlamentar da Cooperação entre os Países do Brics; Fausto Pinato, da Frente Parlamentar Brasil-China e Daniel Almeida, presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil/China.

Para os parlamentares, as declarações de Eduardo Bolsonaro também são “uma afronta às boas relações diplomáticas que construímos há mais de 45 anos e que beneficiam os dois países”.

Entenda o caso


Na última segunda-feira (23), o filho 03 do presidente Bolsonaro acusou a China de praticar espionagem cibernética e defendeu a iniciativa dos Estados Unidos de criar uma aliança internacional que discrimina a tecnologia 5G de Pequim.

Depois da postagem, que foi feita nas rede sociais de Eduardo, a Embaixada da China no Brasil afirmou em nota que as afirmações do deputado são “infundadas” e “solapam” a relação entre os dois países.
 
*Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade