Publicidade

Estado de Minas REUNIÃO

Vereador mais votado em Uberaba critica, em vídeo, reunião entre 13 dos 21 eleitos

O encontro marcado por grupo de vereadores reeleitos teria sido para discussão da nova composição da mesa diretora da Câmara Municipal


22/11/2020 11:16 - atualizado 22/11/2020 12:27

Reunião de parte do grupo dos vereadores da Câmara Municipal de Uberaba 2021/2024 aconteceu na noite do último feriado municipal (20)(foto: Divulgação/Facebook)
Reunião de parte do grupo dos vereadores da Câmara Municipal de Uberaba 2021/2024 aconteceu na noite do último feriado municipal (20) (foto: Divulgação/Facebook)
Em Uberaba, no Triângulo Mineiro, 13 dos 21 vereadores eleitos ou reeleitos para a Câmara Municipal realizaram uma reunião na noite de sexta-feira (20), em pleno feriado municipal. Segundo informações de pessoas próximas aos parlamentares e que preferem não se identificar, o tema foi a discussão da composição da nova Mesa Diretora da Casa. “Eles se reuniram para firmar um termo de compromisso para estarem juntos na eleição da futura Mesa Diretora da Câmara.”
 
Por meio de suas redes sociais, o advogado Celso Neto, de 24 anos – candidato mais votado nesta última eleição e que faz parte do grupo dos novos vereadores que não foram convidados para a reunião - divulgou um vídeo criticando o fato como inaceitável. 

“Nenhum do nosso grupo foi convidado para estar presente e discutir o futuro de Uberaba. O futuro de Uberaba não estava sendo discutido; o que estava sendo discutido era a nova composição da mesa da Câmara de Uberaba. Isso nós não podemos mais aceitar”, afirmou Celso Neto, em vídeo publicado em sua página de Facebook. 
 
Ele também questionou sobre o motivo de uma reunião durante uma noite de feriado, na Câmara Municipal e apenas com um grupo de vereadores eleitos.

“O nosso grupo não foi convidado para esta reunião na última sexta-feira. Numa sexta, feriado, à noite e no prédio da Câmara Municipal? Isso demonstra que eles não queriam boa parte dos novatos presentes”, desabafou Celso Neto. 
 
Na ordem de mais votados, participaram da reunião: Lu Fachinelli (PSL); Ismar Marão (PSD) (reeleito); Jamal (MDB); Almir Silva (reeleito); Fernando Mendes (MDB) (reeleito); Tulio Micheli Boca no Trombone (PSL); Samuel Pereira (MDB) (reeleito); Anderson Dois Irmãos (PSD); Denise Supra (Patriota) (reeleita); Professor Wander (PSC); China (PMN) (já foi vereador); Luizinho Kanecão (PDT) e Baltazar da Farmácia (DEM). 
 
E os nomes dos candidatos que não foram convidados para a reunião, também mantendo ordem de mais votos, foram os novatos: Celso Neto (PP); Rochelle (PP); Cabo Diego Fabiano (PP); Alessandra do Abrigo dos Anjos (Pode); Varciel Cabeleireiro (PP); Elias Divino (Pode) (reeleito); Caio Godoi (Solidariedade) e Pastor Eloísio Santos (PTB). 

Legislativo de Uberaba tem 14 novos nomes 

 
Dos 21 vereadores que os uberabenses escolheram para o novo Legislativo da cidade, 14 deles ocuparão o cargo pela primeira vez. Outra novidade também é o aumento do número de mulheres, passando de uma (Denise Supra (Patriota)) para quatro - Lu Fachinelli (PSL), a 2ª mais votada; Rochelle (PP), a 4ª mais votada; Alessandra do Abrigo dos Anjos (Pode), a 7ª mais votada; e, novamente, Denise Supra, a 15ª mais votada. 
 
Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), em Uberaba, dos atuais 14 vereadores, apenas seis se reelegeram, sendo que dois dos atuais vereadores (Mariscal e Kaká) abandonaram a disputa ao Legislativo para concorrer à prefeitura da cidade. Eles ficaram em 4º lugar. China (PMN), o 18º mais votado, não é considerado novidade, já que foi vereador em antigas legislaturas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade