Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Líder nas pesquisas em Goiânia, Maguito Vilela piora e é intubado

Com COVID-19, candidato está internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo


15/11/2020 20:41 - atualizado 15/11/2020 22:22

Maguito Vilela lidera as pesquisas para a Prefeitura de Goiânia(foto: Reprodução/Facebook)
Maguito Vilela lidera as pesquisas para a Prefeitura de Goiânia (foto: Reprodução/Facebook)
À frente da corrida eleitoral em Goiânia, Maguito Vilela (MDB) voltou a ser intubado por conta dos efeitos da covid-19. A piora do estado de saúde do candidato, que está internado em São Paulo, foi confirmada na noite deste domingo (15/11).

"A equipe médica que acompanha o Maguito Vilela decidiu por introduzir, nesta tarde, ventilação mecânica invasiva assistida (quando o aparelho é deflagrado pelo esforço inspiratório do paciente) para que ele fosse submetido a uma broncoscopia", informou a equipe do emedebista. O procedimento tem o "objetivo de examinar a causa de um aumento na inflamação dos pulmões verificado nos exames de hoje (domingo)".

Segundo o boletim médico, "o paciente está sedado, confortável e com as funções vitais preservadas". Nas redes sociais, a equipe de Maguito pediu "orações pela restauração da saúde do Maguito e de todos que estão lutando contra a covid-19".

O emedebista está internado desde o último dia 27, no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, para se tratar da covid-19. Ele chegou a ter 75% dos pulmões comprometidos pelo novo coronavírus. Antes do episódio deste domingo, contudo, a campanha de Maguito vinha dizendo que o candidato estava "em franca recuperação" e estaria de volta a Goiânia em breve.

Liderança

Apesar de a internação ter afastado Maguito da campanha, ele não se afastou da liderança das pesquisas em nenhum momento. Afinal, é um político tradicional em Goiás e sua militância permaneceu nas ruas mesmo após a internação. A campanha explora, por sinal, o perfil de administrador do emedebista.

Os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que, com 70,64% das urnas apuradas, Maguito marca 35,59% dos votos válidos e deve disputar o segundo turno com Vanderlan Cardoso, que tem 24,9% dos votos até agora.

Vanderlan foi o senador mais votado de Goiás em 2018 e é o representante do bolsonarismo na eleição de Goiânia, onde é grande o apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Além disso, é o candidato do atual governador goiano Ronaldo Caiado (DEM). Caiado chegou até a acompanhar Vanderlan no momento do voto neste domingo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade