Publicidade

Estado de Minas

Presidente Bolsonaro diz que vai reeditar decreto do SUS na semana que vem

Decreto que abria possibilidade de privatizações de UBS foi revogado depois de críticas


29/10/2020 23:04

A publicação foi criticada por diversas entidades e especialistas, além de repercutir nas redes sociais(foto: Jair Bolsonaro/Facebook)
A publicação foi criticada por diversas entidades e especialistas, além de repercutir nas redes sociais (foto: Jair Bolsonaro/Facebook)
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na noite desta quinta-feira (29/10), que reeditará o decreto sobre privatização de unidades básicas de saúde até semana que vem. O presidente revogou o ato do poder Executivo após críticas. De acordo com Bolsonaro, houve um má interpretação da proposta
 
"Tivemos um probleminha ontem com o decreto do SUS, que não tinha nada ver com privatização. Mas grande parte da mídia caiu em cima dizendo que o pobre não ia poder usar o SUS. Revoguei o decreto, dei uma nota explicando o que era o decreto. E, nos próximos dias, devemos reeditar o decreto, o que deve acontecer semana que vem", disse. 
 
O decreto autorizava o Ministério da Economia a realizar estudos sobre a inclusão das unidades básicas de saúde (UBSs) no Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI).
 
A publicação foi criticada por diversas entidades e especialistas, além de repercutir nas redes sociais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade