Publicidade

Estado de Minas CORRIDA ELEITORAL

Candidato em BH defende ex-ministro que desafiou Judiciário: 'Enfrentar o STF, para mim, é qualidade'

Abraham Weintraub e político do PRTB fizeram transmissão ao vivo nas redes


28/10/2020 16:30 - atualizado 28/10/2020 17:55

Candidato concedeu entrevista a jornalistas dos Diários Associados.(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Candidato concedeu entrevista a jornalistas dos Diários Associados. (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Bruno Engler, representante do PRTB na corrida eleitoral em Belo Horizonte, concedeu entrevista ao Estado de Minas nessa terça-feira (27). Depois do compromisso, ele partiu para uma live com o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub. Antes mesmo de ser exonerado, em junho, ele rumou aos Estados Unidos.

Weintraub ganhou as manchetes em maio deste ano, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou o siglio que protegia a gravação, em vídeo, de uma reunião de Bolsonaro com sua equipe ministerial. O então chefe da educação nacional fala em prender magistrados da suprema corte.

“A gente está perdendo a luta pela liberdade. É isso que o povo está gritando. Não está gritando para ter mais estados ou mais projetos. O povo está gritando por liberdade. Ponto. É isso que a gente está perdendo. Está perdendo mesmo. O povo está querendo ver o que me trouxe até aqui. Eu, por, mim, botava esses ‘vagabundos’ todos na cadeia, começando no STF. É isso que me choca”, disse, em filmagens feitas em abril.

Engler, contudo, enalteceu a “coragem” mostrada por Weintraub no enfrentamento ao STF. “O eleitor tem acompanhado os absurdos cometidos pelo STF, que sai de sua prerrogativa, tenta agir como um poder acima dos demais e, pior: infringe a liberdade das pessoas. Todos nós temos acompanhado o inquérito da censura, que quer tolher a liberdade de expressão dos cidadãos. A coragem de enfrentar o STF, para mim, é uma qualidade, não um defeito”, afirmou.

O “inquérito da censura” citado pelo candidato é uma investigação que apura reais responsáveis pela disseminação de notícias falsas sobre ministros da Suprema Corte. O deputado federal Junio Amaral (PSL), que pertence à mesma corrente política de Engler, foi um dos intimados a depor.

Ainda segundo o concorrente à prefeitura, a gestão de Weintraub no MEC foi positiva. “Ele enfrentou o STF, teve problemas por isso, mas não tem nenhum escândalo de corrupção. Os problemas dele são falar a verdade e ter coragem de participar de manifestações. À frente do MEC, ele implementou bons projetos, ajudou a consolidar o modelo cívico-militar e permitiu o desenvolvimento de um plano nacional de alfabetização”, avaliou.

As entrevistas


De quinta (22) até o próximo dia 12, o Jornal da Alterosa promove, em dias úteis, entrevistas de cinco minutos com os candidatos a prefeito de Belo Horizonte. O noticiário vai ao ar às 19h15. Antes de participar do programa televisivo, Engler foi sabatinado por jornalistas do Estado de Minas.

As matérias sobre a entrevista ao EM estão sendo publicadas ao longo desta quarta, na internet. Na quinta, a edição impressa trará um resumo dos principais pontos abordados durante a conversa. Fabiano Cazeca (Pros), Rodrigo Paiva (Novo) e Nilmário Miranda (PT) também já foram sabatinados.

Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia
Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia

Eleições 2020: como votar, datas e horários

O primeiro turno das eleições 2020 será em 15 de novembro e, caso seja necessário no seu município, o segundo turno será realizado em 29 de novembro de 2020. Nestas eleições, o horário de votação é das 7h às 17h. O horário entre 7h e 10h é preferencial para maiores de 60 anos.

Com as novas medidas diante da pandemia do coronavírus, preparamos um guia com tudo que você precisa saber para votar nas eleições 2020.

O que muda nas eleições 2020?

Muitas mudanças foram feitas pela Justiça Eleitoral para os candidatos a prefeito e vereador durante o período eleitoral de 2020. Além disso, os eleitores também terão de se adaptar às novas normas para os dias de votação, como a abertura antecipada das seções eleitorais e as regras de higiene que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  


Como justificar o voto nas eleições 2020?

Os eleitores poderão optar por justificar o voto de três formas: 
  • No dia das eleições: o eleitor que estiver fora de sua cidade pode justificar a ausência em qualquer local de votação, das 7h às 17h. O eleitor deverá ter o número do título, um documento oficial de identificação e o formulário de justificativa preenchido.

  • Depois das eleições: preenchendo o formulário de justificativa em qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento ao eleitor em até 60 dias após a votação.

  • A justificativa também poderá ser feita no aplicativo e-Título.

Eleições 2020 em Belo Horizonte

Na capital mineira, 15 candidatos disputam as eleições para prefeito. Conheça quem são os candidatos e o perfil de cada na corrida rumo à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Já para vereador, Belo Horizonte conta com mais de 1,5 mil candidatos. Alguns apostaram em apelidos e codinomes bem inusitados para conseguir votos.



Para acompanhar a cobertura completa das eleições em BH, acesse nosso especial

Para saber mais sobre as Eleições 2020 em Minas Gerais, leia também a cobertura completa das eleições na Grande BH e nas regiões Centro-OesteLesteNorteSul de MinasTriângulo Mineiro e Zona da Mata.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade