Publicidade

Estado de Minas INFLAÇÃO

Bolsonaro se irrita com pedido de redução do preço do arroz: 'Compra na Venezuela'

Presidente e seu secretário de governo, Eduardo Ramos, passearam de moto por Brasília neste final de semana


25/10/2020 14:54 - atualizado 25/10/2020 14:58

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O presidente Jair Bolsonaro aproveitou o domingo (25/10) para deixar o Palácio da Alvorada e dar uma volta de moto por Brasília. O chefe do Executivo estava acompanhado do secretário de governo, Eduardo Ramos.

Bolsonaro fez uma rápida parada próximo à Feira Permanente do Cruzeiro, onde parou para cumprimentar apoiadores. No entanto, o mandatário se mostrou irritado ao ser interpelado por um dos populares para que barateasse o preço do arroz, item essencial na cesta básica que sofreu alta nas últimas semanas.

“Bolsonaro, baixa o preço do arroz, por favor. Não aguento mais”, pediu o homem.

O presidente então disparou: "Tu quer que eu baixe na canetada? Você quer que eu tabele? Se você quer que eu tabele, eu tabelo. Mas você vai comprar lá na Venezuela”.

Em setembro, Bolsonaro avisou que o governo federal não interferirá no mercado para baixar o preço do item. 

"Não vamos interferir no mercado de jeito nenhum, não existe canetaço para resolver o problema da economia", justificou. No entanto, prometeu manter conversa com representantes de supermercados, aos quais pediu “sacrifício e patriotismo” e que o lucro desses itens nos estabelecimentos fosse “próximo de zero”.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade