Publicidade

Estado de Minas Infraestrutura

Zema anuncia R$ 100 milhões para investir em 8 obras viárias em Minas

Obras beneficiarão os municípios de Sete Lagoas, Cataguases, Poços de Caldas, Montes Claros, Jacutinga, Goianá, Antônio Carlos e Bias Fortes


25/08/2020 12:48 - atualizado 25/08/2020 14:23

'Além de salvar vidas, precisamos salvar empregos, ou melhor, até cria-los', afirmou Romeu Zema(foto: Rede Minas/Reprodução)
'Além de salvar vidas, precisamos salvar empregos, ou melhor, até cria-los', afirmou Romeu Zema (foto: Rede Minas/Reprodução)
O governador Romeu Zema (Novo) anunciou investimento de R$ 100 milhões em oito obras viárias nos municípios de Sete Lagoas, Cataguases, Poços de Caldas, Montes Claros, Jacutinhga, Goianá, Antônio Carlos e Bias Fortes. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva nesta terça-feira (25).
 
As obras compreendem a construção de anel viário de Sete Lagoas, contorno Sul de Uberlândia, contorno de Guataguases, contorno de Poços de Caldas, contorno sul de Montes Claros, acesso ao distrito industrial de Jacutinga, interseção da BR-040 em Goianá e pavimentação de vias em Antônio Carlos e Bias Fortes.
 
De acordo com o governo, as intervenções viárias devem melhorar o escoamento da produção e dar mais segurança à população local, além de gerar empregos. Romeu Zema afirmou que, depois de o governo se dedicar, nos últimos cinco meses, ao combate do novo coronavírus, voltará os esforços, neste momento, para fomentar a atividade econômica no Estado.
 
"Depois de cinco meses totalmente dedicados à pauta pandemia, nosso estado começa a se preocupar com a pauta investimento e empregos. A pandemia, nos últimos seis dias, já demonstrou uma queda no número de casos e óbitos, tudo indica que o pico está ficando para trás. Próximos dias deverão deixar mais nítida essa tendência. Além de salvar vidas, precisamos salvar empregos, ou melhor, até cria-los", afirmou Zema.

As oito obras serão realizadas com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge). Zema destacou que "nenhuma obra é gigante", mas "são obras importantíssimas para Minas Gerais". As obras serão executadas pelo Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG). 
 
O secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato, afirmou que as obras resultam do trabalho em equipe da Secretaria de Estado de Planejamento, Secretaria de Governo e DER-MG e contam com recursos federais e estaduais.  Fernando afirmou que foram necessários "esforço e muita gestão do governo".
 
Segundo ele, mesmo em tempos de abundância de recursos, muitas vezes, o dinheiro era liberado, mas a obra não era executada. As obras devem gerar 3,6 mil empregos  e R$ 20 milhões em impostos para municípios beneficiados. 

LISTA DAS OBRAS 

  • Conclusão do anel viário de Sete Lagoas (3,3 km) - R$ 7,5 milhões
  • Conclusão do contorno sul de Uberlândia (22,3 km), que ligará a MG 497 à BR-050 - R$ 23 milhões
  • Construção do contorno de Cataguases como acesso à BR-120 (6,4 km) - R$ 16 milhões
  • Melhoria do contorno de Poços de Caldas, desviar trânsito área urbana (22,5 km) - R$ 13,4 milhões
  • Vias laterais no contorno Sul de Montes Claros (9,2 km),  promovendo ligação entre a BR-135 e BR-365 - R$ 16,2 milhões
  • Conclusão de acesso ao distrito industrial de Jacutinga (1,3 km) - R$ 4,4 milhões
  • Interseção entre a BR-040 e a MG-353 em Goianá - R$ 2,7 milhões
  • Pavimentação da MG-135 (19,5 km), que liga os municípios Antonio Carlos e Bias Fortes - R$ 17,3 milhões



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade