Publicidade

Estado de Minas MINISTRO INTERINO

Eduardo Pazuello diz que filha de 12 anos 'é mais ou menos de esquerda'

Comentário do general, ministro interino da Saúde, foi feito durante comissão da COVID-19 na Câmara, nesta terça-feira


09/06/2020 16:35 - atualizado 09/06/2020 17:24

(foto: Reprodução/Agência Brasil)
(foto: Reprodução/Agência Brasil)
Durante comissão da COVID-19 na Câmara nesta terça-feira (9), o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, brincou com o posicionamento político da filha. Ao responder pergunta feita pela deputada Jandira Feghali (PCdoB), Pazuello disse que a filha era "chegada na área" da deputada.

Após a brincadeira, o ministro foi questionado se estava dizendo que a filha era de esquerda. Em um momento de descontração, os parlamentares riram no plenário.“É, mais ou menos. Tem 12 anos, ela pode fazer o que quiser. Mas ela me bate bastante”, respondeu.

Pazuello afirmou ser “totalmente pragmático com relação a alinhamentos e desalinhamentos políticos”. Disse que não poderia ser diferente, já que o ministro interino serve ao Brasil e às pessoas como um todo: “Tenho que estar pronto para o cumprimento da missão, e vocês têm que olhar para mim como um cara que vai atender a todos, 100%. Pode bater, pode pedir, poder elogiar, eu vou atender igual”.

O ministro interino também falou sobre a recomendação do Ministério da Saúde para o uso da cloroquina em pacientes confirmados com COVID-19. Para ele, a recomendação foi feita da forma “mais suave possível.”
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Kelen Cristina




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade