Publicidade

Estado de Minas FRITURA

Cotado para substituir Regina Duarte admite: ''Pro Jair, o que ele precisar estou aqui''

Em entrevista ao canal CNN Brasil, compartilhado pelo presidente em suas redes sociais, Mário Frias admite que pode aceitar a função


postado em 19/05/2020 09:10 / atualizado em 19/05/2020 10:57

Mário Frias(foto: Reprodução/Twitter)
Mário Frias (foto: Reprodução/Twitter)

O presidente Jair Bolsonaro ( sem partido) postou na manhã desta terça-feira (19) um vídeo editado do programa #debate360, da Rede CNN Brasil, com o ator Mário Frias sinalizando que pode ser o próximo secretário especial da Cultura, substituindo a atriz Regina Duarte.

Perguntado sobre o convite para assumir a secretaria, Frias foi taxativo: "Para ser bem direto, pro Jair o que ele precisar estou aqui", respondeu, para em seguida afagar a colega: "torço demais pela Regina, é um ícone, que mexeu com o meu coração, amo você, Regina, sou seu fã".


- Mário Frias e a Cultura.

Publicado por Jair Messias Bolsonaro em Terça-feira, 19 de maio de 2020


Contrariedade


No cargo há pouco mais de dois meses, Regina Duarte já angariou a contrariedade do presidente logo no discurso de posse, quando "emparedou'' Bolsonaro afirmando que aceitou assumir o cargo com a promessa de Bolsonaro que teria liberdade para escolher seus colaboradores na secretaria.

De pronto, Bolsonaro respondeu que ele tinha o direito de veto. Além de ter colaboradores nomeados e exonerados sem a sua anuência,. Regina também já foi cobrada pelo presidente de não estar em Brasília durante esse período da pandemia.

Recentemente, Regina também na  CNN,  usou de ironia para falar de assuntos caros à história do Brasil, desdenhando da repercussão negativa da ditadura militar e da tortura sofrida por presos políticos.

Bobagem


Mário Frias também abordou o golpe militar para dizer que o presidente "nunca defendeu isso", se referindo ao AI-5 - decreto que acabou com as liberdades democráticas-, e à ditadura. O ator foi contestado pelo também ator Fúlvio Stefanini e, ainda, por vídeo com o presidente sinalizando justamente o contrário.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade