UAI
Publicidade

Estado de Minas CRISE DO CORONAVÍRUS

Novo ministro da Saúde: 'Tudo será tratado de forma técnica e científica'

Nelson Teich disse que há alinhamento completo com o presidente Bolsonaro e que não existe oposição entre saúde e economia


postado em 16/04/2020 17:29 / atualizado em 16/04/2020 20:01

O novo ministro da Saúde, o oncologista Nelson Teich(foto: Reprodução TV Brasil )
O novo ministro da Saúde, o oncologista Nelson Teich (foto: Reprodução TV Brasil )
O novo ministro da Saúde, o oncologista Nelson Teich, afirmou em pronunciamento nesta quinta-feira (16) que o combate à pandemia de coronavírus será “tratado de forma absolutamente técnica em científica”. Em sua primeira fala como substituto de Luiz Henrique Mandetta, Teich disse que existe um “alinhamento completo” com o presidente Jair Bolsonaro

 

Teich se mostrou a favor do isolamento social, mas defendeu que a medida não pode ser definida com decisões bruscas ou radicais. O novo ministro disse que é necessário ter informação para avaliar os momentos e tomar as medidas necessárias. “Como falta informação, a gente começa a tratar a ideia como se fosse um fato. Quanto menos informação, mais aquilo é discutido na emoção”, argumentou.  
 
O oncologista disse que é preciso entender mais a COVID-19, com um “grande programa de testes” para o país poder sair da política de isolamento social. “Isso é fundamental. Porque as pessoas vão ter muita dificuldade em se isolar”, declarou.
 
Teich ainda afirmou que a oposição entre a saúde e a economia é “muito ruim”, já que são áreas complementares, que não competem entre si. “Quando você polariza uma coisa dessas, você começa a tratar como se fosse pessoas versus dinheiro, o bem versus o mal, emprego versus pessoas doentes, e não é nada disso”.
 
Sobre os remédios e vacinas contra a COVID-19, Teich afirmou que tudo precisará de embasamento em projetos de pesquisa, para colher informação de forma precisa e rápida. “Tudo aqui vai ser tratado de forma absolutamente técnica e científica. Você vai disponibilizar o que existe hoje de medicamento ou vacina essencialmente, o ideal, dentro de projetos de pesquisa”, disse. Teich não citou a cloroquina, medicamento defendido pelo presidente Bolsonaro como promissor contra o coronavírus. A eficiência e a segurança da substância ainda não foram totalmente comprovadas. 
 

Quem  é Nelson Teich

 
Nelson Luiz Sperle Teich é oncologista e empresário. Carioca, se graduou pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e se especializou no Instituto Nacional do Câncer (Inca). Teich foi cotado para assumir o Ministério da Saúde depois da eleição de Jair Bolsonaro. Porém, o presidente escolheu Mandetta, por indicação do então aliado Ronaldo Caiado, governador de Goiás. 
 
 
* Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade