Publicidade

Estado de Minas

Em BH, Damares diz que governo Bolsonaro prioriza combate ao suicídio


postado em 19/11/2019 12:40 / atualizado em 19/11/2019 13:09

(foto: Reprodução Twitter ALMG)
(foto: Reprodução Twitter ALMG)

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves afirmou na manhã desta terça-feira (19) que o número de suicídios no Brasil vai aumentar a partir do ano que vem, porque o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) vai fazer a “notificação real” dos casos. Em audiência sobre o assunto na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), ela afirmou que o tema, junto com o da automutilação, é prioridade e tratado por vários ministérios. “Vocês têm um governo preocupado com vocês agora”, afirmou.

Na audiência, Damares afirmou que entrou em grupos de Whatsapp sobre suicídio para entender o tema e afirmou que os pais devem invadir a privacidade dos filhos nas redes sociais para evitar que eles se matem. De acordo com ela, crianças e adolescentes estão se matando por causa do bullying.

“Tenho convicção, por tudo que tenho feito no tema automutilação e suicídio, que estamos mergulhados num mar de sangue”, afirmou. Damares disse que já há caso de suicídio de uma criança de 6 anos no Brasil.

Segundo ela, o Brasil tem ainda 14 milhões de jovens que se automutilaram. Para lidar com isso, ela defendeu que os pais abracem seus filhos e procurem ajuda profissional.

Damares lembrou o estupro que sofreu aos 10 anos e reclamou das críticas que sofreu ao revelar o episódio em que, segundo conta, tentava se matar no alto de uma goiabeira quando sentiu a presença de Jesus. “Quando riram de mim acendeu um alerta. Não se ri de uma menina de 10 anos que está tentando se matar, pára tudo”, afirmou.

Durante a reunião, a ministra colocou a dúvida da identidade sexual como um dos fatores que levam ao suicídio de jovens. Para ela, a forma com a qual lidaram com esse tema no Brasil “ao invés de ajudar, acabou confundindo meninos e meninas do Brasil e o resultado está aí.”


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade