Publicidade

Estado de Minas FARPAS

Eduardo Bolsonaro X Frota: 'O senhor era menos promíscuo fazendo pornô', 'mas você gosta de ver'

Ex-aliados os dois parlamentares trocaram farpas durante sessão da CPMI que investiga divulgação de fake news


postado em 30/10/2019 16:38 / atualizado em 30/10/2019 16:50

(foto: Reprodução/Agência Câmara)
(foto: Reprodução/Agência Câmara)

O clima esquentou na tarde desta quarta-feira na sessão da CPMI das Fake News no Congresso entre os deputados Alexandre Frota (PSDB-SP) e Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ). O filho do presidente acusou Frota, que depõem como convidado, de “trair” Jair Bolsonaro ao romper com ele e passar a atuar como parlamentar de oposição. Já o tucano disse que é "escárnio" a tentativa de Eduardo de se tornar embaixador, estratégia que não deu certo.


Ao pedir a palavra como líder de governo, cargo que ocupou após ter frustrada a tentativa de ser embaixador nos Estados Unidos, Eduardo disse que a CPMI ouvir Alexandre Frota em investigações contra divulgação de notícias falsas era um “escárnio”, e partiu para o ataque: “Você é só mais um traíra que apunhalou o presidente pelas costas”, afirmou.


Na sequência, relembrou a carreira de ator pornô de Frota para criticá-lo: “O senhor era menos promíscuo quando fazia filme pornô”, disparou.


Por sua vez, Alexandre Frota disse que Eduardo gostava de assistir as produções estreladas por ele, o que causou riso nos parlamentares que participam da sessão.


Ainda em seu tempo de Fala, o filho do presidente disse que voltará a se encontrar com Frota nas próximas eleições, de onde ele deve ser derrotado. “Aproveite seus momentos. Quatro anos passam rápido”.


Após falar, Eduardo Bolsonaro se levantou e deixou a comissão.


Na réplica, Alexandre Frota chamou Bolsonaro de mimado e o criticou pela tentativa de viabilizar a vaga de embaixador via indicação do próprio pai. “Escárnio fio a tentativa dele de passar por cima de tudo e de todos e tentar se tornar embaixador dos Estados Unidos. Escárnio é ele falar que vai fechar o STF com um jipe”, contra atacou.


Publicidade