Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Bolsonaro defende Flávio e diz que falta 'ouvir o Queiroz'

Presidente também voltou a defender a indicação do outro filho, Eduardo Bolsonaro, para a embaixada brasileira em Washington


postado em 22/07/2019 14:56 / atualizado em 22/07/2019 15:15

(foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
(foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro defendeu o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) nesta segunda-feira, 22. Segundo ele, uma a uma as acusações contra o filho já foram resolvidas. E destacou que "está sobrando apenas ouvir o Queiroz. Mais nada".

No caso dos vários depósitos de R$ 2 mil reais que supostamente seriam uma forma de fugir do Coaf, o presidente defendeu: "Esse depósito feito por envelope o limite é de R$ 2 mil. Não sei quantos, talvez alguns milhões de depósito são feitos por semana nesse sentido", disse. No caso da compra de 19 imóveis vendidos tempos depois, o presidente apontou que o valor estimado não era verdadeiro.

O presidente também voltou a defender a indicação do outro filho, Eduardo Bolsonaro, para a embaixada brasileira em Washington. "Aguardo o retorno dos Estados Unidos", disse. Questionado se, então, o contato já havia sido feito, ele afirmou "achar" que sim. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade