Publicidade

Estado de Minas

Governo Zema comemora queda nos índices de violência em Minas

Em solenidade no Palácio Tiradentes, secretário de Segurança general Mario Araújo afirma que 'estudiosos estão buscando entender os números'


postado em 26/04/2019 14:49 / atualizado em 26/04/2019 19:29

O governador Romeu Zema comentou ainda sobre a redução dos índices de criminalidade em Minas(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
O governador Romeu Zema comentou ainda sobre a redução dos índices de criminalidade em Minas (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)

O governo de Minas Gerais anunciou na semana passada, e reforçou hoje, a queda nos índices de violência no estado nos primeiros meses deste ano. Mas a equipe de Segurança não sabe explicar o motivo dos números. Caberá aos “estudiosos” entender o fenômeno, afirmou nesta quinta-feira o secretário de Segurança, general Mario Araújo. 

“Os estudiosos estão buscando entender esses números", disse o secretário. "Vamos reforçar o que está dando certo e mudar o que for preciso”, completou, durante solenidade com a participação do governador Romeu Zema (Novo) e do ministro da Justiça, Sérgio Moro, no Palácio Tiradentes, sede do Executivo mineiro.

Segundo o secretário, a mensagem de que os governantes atuais são mais rigorosos já "chegou nas ruas". "Se o indivíduo cometer crime ele tem que saber que o Estado tem condição de pegar ele e colocar em um lugar para custodiá-lo", afirmou.


"O encarceramento é um dos motivos que explica a redução da criminalidade, não tenho dúvida", disse Mario Araújo.

O ministro Moro analisou que ainda é cedo para entender exatamente os bons números do início do ano na queda da criminalidade. 

 

"São alvissareiros esses dados que temos visto em todos os estados pelo país. É prematuro saber se são números sazonais ou se representam uma tendência. Espero que seja uma tendência", afirmou Moro.


Viaturas

Em pronunciamento, Romeu Zema citou a redução nos índices de criminalidade no primeiro trimestre e anunciou a entrega de 625 novas viaturas policiais para vários municípios mineiros na próxima semana. 


“Nosso empenho nesses 3 meses resultou na redução dos índices de crimes no estado. Em comparação com o mesmo período do ano passado tivemos redução de 32% no número de roubos",  pontuou. 


Zema afirmou que mesmo com a falta de recursos no caixa estadual foi possível notar avanços e, sem citar algum programa específico, elogiou a parceria entre estado e União para discutir políticas de segurança pública.


Na semana passada, o governo divulgou que foram reduzidos em 18,8% os crimes violentos nos dois primeiros meses do ano. De acordo com o Palácio Tiradentes, dos 12 crimes monitorados pela Secretaria de Segurança, 11 tiveram redução no período. 


O governador e o secretário não responderam perguntas da imprensa na tarde desta quinta-feira. 

 

O ministro Moro agradeceu ao governador mineiro o apoio ao pacote anticrime, que tramita no Congresso.


Trabalho integrado

Por meio de nota, a secretaria de Segurança Pública de Minas Gerais informou que os resultados positivos na redução dos índices de criminalidade foram obtidos graças ao trabalho integrado desenvolvido pelas forças de segurança nos últimos meses.

 

"Os resultados foram possíveis graças ao trabalho de prevenção, repressão e ostensividade das forças. Juntas, Polícia Militar e Polícia Civil realizaram quase 500 mil operações somente neste ano. Já foram apreendidas 6.242 armas, conduzidas mais de 69 mil pessoas e 18.831 ocorrências com envolvimento de drogas foram finalizadas", diz a nota. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade