Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Moro diz a jornal português que ir para o STF seria como 'ganhar na loteria'

Ministro da Justiça, contudo, afirmou que chegar até a corte não é tarefa fácil e que pretende fazer seu trabalho


postado em 23/04/2019 15:48 / atualizado em 23/04/2019 16:33

(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

Em Lisboa para participar de um evento jurídico, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse, em entrevista ao jornal português 'Expresso' que uma eventual indicação para ocupar vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) "seria como ganhar na loteria".

Moro ressaltou que chegar ao STF "não é simples" e disse que o "objetivo é apenas fazer o meu trabalho".

Falando sobre ter abandonado o cargo de juiz para assumir a pasta da Justiça, Moro disse que "ser ministro era um passo necessário na linha de que precisávamos conservar os avanços que tínhamos ganho e também caminhar para frente", se referindo ao combate à corrupção e à criminalidade.

Apresentado pela publicação como um ex-juiz cuja "toga já não sai do corpo", Moro explicou que não poderá mais "retornar à carreira da magistratura", e que, portanto, "deixar a magistratura é um peso".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade