Publicidade

Estado de Minas

Saiba quem já foi preso na Operação Capitu nesta sexta-feira

A PF cumpre 19 mandados de prisão temporária em Minas Gerais, no Distrito Federal e outros quatro estados. Entre os presos estão o vice-governador Antonio Andrade, o deputado estadual mineiro João Magalhães e Joesley Batista, dono da JBS


postado em 09/11/2018 09:02 / atualizado em 09/11/2018 12:06

(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press, AFP / EVARISTO SA e Pollyanna Maliniak/ALMG)
(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press, AFP / EVARISTO SA e Pollyanna Maliniak/ALMG)

A operação Capitu, que deflagou um esquema de corrupção no Ministério da Agricultura, durante a gestão de Dilma Rousseff (PT) já prendeu 11 pessoas na manhã desta sexta-feira.

A PF cumpre 63 mandados judiciais de busca e apreensão e 19 de prisão temporária, todos expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). Além de Minas Gerais, a operação acontece no Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba e Mato Grosso.

A Operação se baseou em delação de Lúcio Bolonha Funaro – doleiro ligado ao MDB – sobre supostos pagamentos de propina a servidores públicos e agentes políticos que atuavam direta ou indiretamente no Ministério da Agricultura em 2014 e 2015.

A organização criminosa, que atuava na Câmara dos Deputados e no Ministério, era formada por empresários e executivos da JBS.

 “Esse grupo dependia de normatizações e licenciamentos do MAPA e teria passado a pagar propina a funcionários do alto escalão do Ministério em troca de atos de ofício, que proporcionariam ao grupo a eliminação da concorrência e de entraves à atividade econômica, possibilitando a constituição de um monopólio de mercado”, informou a PF em nota à imprensa.

Veja quem são os presos:


  • Antonio Andrade (MDB) – vice-governador de Minas Gerais e ex-ministro da Agricultura entre março de 2013 e março de 2014
  • João Magalhães (MDB) – deputado estadual mineiro reeleito em outubro 
  • Neri Geller – deputado estadual eleito pelo PP do Mato Grosso e ex-ministro da Agricutura enter março e dezembro de 2014 
  • Joesley Batista – dono da JBS 
  • Ricardo Saud – executivo da JBS
  • Demilton de Castro – executivo da JBS 
  • Rodrigo Figueiredo – ex-secretário de Defesa Agropecuária 
  • Mateus de Moura Lima Gomes – advogado mineiro 
  • Mauro Luiz de Moura Araújo – advogado mineiro 
  • Ildeu da Cunha Pereira – advogado mineiro
  • Cláudio Donato -  advogado Mineiro

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade