Publicidade

Estado de Minas

Servidores de Minas ainda não sabem quando vão receber salário e 13º

Governo afirma que divulgação da escala de pagamento depende de reunião com sindicatos, que ainda não foi marcada


postado em 06/11/2018 16:44 / atualizado em 06/11/2018 17:35

Em setembro deste ano, servidores estaduais, entre eles policiais militares, civis e outros fazem manifestação de protesto contra parcelamento dos salários na praça Sete, centro da capital mineira(foto: Juarez Rodrigues/EM )
Em setembro deste ano, servidores estaduais, entre eles policiais militares, civis e outros fazem manifestação de protesto contra parcelamento dos salários na praça Sete, centro da capital mineira (foto: Juarez Rodrigues/EM )
Em contraponto a outubro, quando a escala de pagamento dos servidores públicos de Minas Gerais foi divulgada no segundo dia do mês, ainda não há definição da quitação dos salários de novembro e do 13º da classe. 

O motivo, segundo a secretaria de estado da Fazenda, é que a reunião com os sindicatos para a definição da escala ainda não foi marcada. Especula-se que o encontro deve ocorrer até o fim desta semana. 

No mês passado, a agenda de pagamentos que soma R$ 2,1 bilhões em valor líquido foi cumprida pelo governo sem atrasos. O escalonamento de salários dos servidores de Minas Gerais já é realizado desde 2016 e, em algumas ocasiões, os vencimentos foram pagos atrasados.

Em 2017, o 13º salário foi dividido em quatro parcelas, entre janeiro e abril. Neste ano, a Secretaria da Fazenda não sabe precisar como será o pagamento. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade