Publicidade

Estado de Minas

Prefeito é detido por boca de urna e, liberado, volta em sessão ameaçando mesários

Segundo os policiais, prefeito de Areado, no Sul de Minas, se revoltou por ter sido denunciado


postado em 07/10/2018 14:29 / atualizado em 07/10/2018 18:08

(foto: Divulgação/TRE)
(foto: Divulgação/TRE)
O prefeito Pedro Francisco da Silva, conhecido como Pedrinho, de Areado, no Sul de Minas, foi detido na manhã deste domingo enquanto distribuía panfletos na Escola Municipal Dr. Joaquim Ribeiro Pereira (CIEPA).

 Segundo a Polícia Militar (PM), após assinatura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), o político foi liberado e voltou ao local, ameaçando os mesários e o fiscal de apoio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que chamou a PM novamente.
 
Os militares retornaram ao local de votação, mas o prefeito já não estava mais lá. Até a publicação desta matéria, Pedro Francisco da Silva ainda não havia sido localizado.
 
 
*Sob supervisão da subeditora Jociane Morais 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade