Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Em 'carta ao povo brasileiro', Haddad diz que hora é de ficar alerta por 2º turno

O candidato do PT também fez críticas veladas ao rival Jair Bolsonaro (PSL)


postado em 06/10/2018 16:45 / atualizado em 06/10/2018 17:51

(foto: NELSON ALMEIDA/AFP)
(foto: NELSON ALMEIDA/AFP)

Depois de participar de caminhada em Feira de Santana (BA), o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, divulgou uma "Carta ao Povo Brasileiro". No documento, publicado no Twitter, Haddad diz que "a maioria do povo brasileiro rejeita o projeto de intolerância e do fim de direitos do povo".

O candidato do PT disse ainda que "nesse momento, todo voto é importante: todo debate, toda conversa, todo compartilhamento de material de campanha e notícias boas, como também de respostas contra as mentiras". Ele afirmou também que "a hora é de ficar alerta". "Agora é nas redes e nas ruas, para consolidar a nossa ida para o segundo turno", disse Haddad. Segundo o candidato, no segundo turno, "deixaremos ainda mais clara a diferença entre os projetos que estão em disputa no Brasil".

Haddad fez críticas veladas ao candidato Jair Bolsonaro (PSL). "Eles têm a força como ideia, nós temos nossas ideias como força. Mas não se intimidem nem caiam em provocações."

Haddad também voltou a associar a sua imagem à de Lula. "Eu, Manu (sua vice, Manuela D'Avila) e o presidente Lula contamos com cada um e cada uma de vocês. Tenho fé que, juntos, vamos vencer as eleições e devolver a Presidência para o povo", afirmou o candidato.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade