Publicidade

Estado de Minas

Pesquisa Datafolha em Minas Gerais: Anastasia, 32%; Pimentel, 21%; Zema, 15%

Levantamento tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos


postado em 04/10/2018 18:59 / atualizado em 04/10/2018 20:24

Nova pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira mostra o candidato do PSDB, Antonio Anastasia, na primeira posição com 32% nas intenções de voto. O governador Fernando Pimentel (PT) que concorre à reeleição alcançou 21% e Romeu Zema (Novo) 15%.

A margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi realizado nos dias 3 e 4 de outubro em 72 municípios. Foram ouvidos 1.585 eleitores.


O levantamento ainda mostra Adalclever Lopes (MDB) com 5% e João Batista Mares Guia (REDE) 2%. Na sequência, aparecem Dirlene Marques (Psol), Alexandre Flach (PCO) e Claudiney Dulim (Avante) com m1%. Jordano Metalúrgico (PSTU) não pontou. Eleitores que disseram que voltam branco ou nulo somam 13% e os que ainda não sabem 9%.


No levantamento anterior Anastasia tinha 33% e foi para 32% das itenções. Pimentel estava com 24% e oscilou para 21%. Já Romeu Zema passou de 9% para 15%. Mares Guia tinha 1% e agora 2%.

A candidata do PSOL , Dirlene Lopes, se manteve com 1% . Alexandre Flach e Claudiney Dulim não tinham pontuado e afora tem 1%. Por fim, Jordano Metalúrgico tinham 1% e agora 0%.

Segundo turno


A quantidade de eleitores que disseram que votariam branco ou nulo no levantamento anterior caiu de 17% para 13%. Os que não sabem mantiverem o percentual de 9%.

A pesquisa também verificou cenários de disputa no segundo turno entre Antonio Anastasia e Fernando Pimentel. Neste caso, o tucano ficaria com 48% das intenções de voto e Pimentel 30%. Brancos e nulos somariam 18% e os que não sabem 4%

Rejeição


Em relação à rejeição, os números ficaram da seguinte maneira: Fernando Pimentel (PT) com 44%, Antônio Anastasia (PSDB) com 29% e Dirlene Marques (PSOL) com 15%. Já João Batista Mares Guia (Rede) e Romeu Zema (Novo) ficam com 14%.

Claudiney Dulim (Avante), Alexandre Flach (PCO), Jordano Metalúrgico (PSTU) e Adalclever Lopes (MDB) somaram 13%. Por fim, quem rejeita todos ou não votaria em nenhum soma 7%. E os que votariam em qualquer um ou não rejeita nenhum: somam 4%. Não sabe: 10%.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade