Publicidade

Estado de Minas

TRE exclui Pros da coligação de Adalclever e faz nova redistribuição do horário eleitoral

Pedido de exclusão da chapa Minas Tem Jeito foi feito pelo próprio partido


postado em 05/09/2018 19:20 / atualizado em 05/09/2018 21:15

O horário eleitoral gratuito para os cargos de governador e senador sofreu mais uma alteração. Nesta quarta-feira, o Partido Republicano da Ordem Social (Pros) teve atendido o pedido de exclusão da coligação Minas Tem Jeito (MBD/PDT/Podemos/PRB/PV), o que acarretou a nova redistribuição.

Foram recalculados os tempos em bloco e a quantidade de inserções. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), a nova distribuição vai vigorar a partir desta sexta-feira (7), para que as coligações e emissoras tenham tempo de se adaptar às mudanças.

Por decisão do juiz Ricardo Matos, o tempo referente ao Pros não será mais computado para a coligação Minas Tem Jeito. Dessa forma, a chapa que tem Adalclever Lopes (MDB) como candidato ao Palácio da Liberdade fica com 2min9 para governador e 1min39 para senador – sendo 188 inserções para governador e 185 para senador.

Com a redistribuição, a coligação Reconstruir Minas, encabeçada por Antonio Anastasia (PSDB), tem o maior tempo nos blocos (3min24) e maior quantidade de inserções (297).

Já a coligação Do Lado do Povo, do governador Fernando Pimentel, continua com o segundo maior tempo (2min41) e 235 inserções.

A coligação Frente Minas Socialista, da candidata Dirlene Marques, ficou com 11 segundos nos blocos e 11 inserções.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade