Publicidade

Estado de Minas

Candidatos 'capricham' nos jingles para conquistar eleitor

Nas letras das músicas, Pimentel ''está com o povo'', Anastasia é ''garantia de um novo dia'', Dilma é ''brasileira e guerreira'' e Aécio Neves ''a gente sabe que dá certo''


postado em 31/08/2018 14:18 / atualizado em 31/08/2018 21:11

(foto: Divulgação/Flickr/ascomtrerj)
(foto: Divulgação/Flickr/ascomtrerj)
Os jingles apresentados no programa eleitoral de rádio e TV, que começou nesta sexta-feira, se apropriam de ritmos populares e letras simples para tentar passar uma imagem positiva dos candidatos. 

O jingle de Fernando Pimentel (PT) busca associar a imagem dele à reeleição. “O povo tá com quem tá ao lado do povo, a gente tá junto de novo”, diz a letra. O petista se apoia, também, na figura do ex-presidente Lula (PT):  “E o Lula já falou, é Pimentel governador”. 

A campanha de Antonio Anastasia (PSDB), por outro lado, traz o candidato como uma solução para a situação orçamentária de Minas Gerais. “Ele sabe a direção, ele é nossa garantia de que vem um novo dia”, diz a letra. A imagem de “gestor” do candidato é apontada várias vezes na música, em trechos como “Minas quer experiência” e “Minas quer capacidade e nesse assunto ele é professor”. 

A música da campanha da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) ao Senado ressalta a petista como “mineira”, “brasileira” e “guerreira”. Além disso, o primeiro verso dá o tom que deve ser empregado em toda a campanha dela ao Senado: “Não tem homem ruim que derrube essa mulher”, em referência à Michel Temer (MDB), a quem o PT atribui participação no 'golpe' que Dilma teria sofrido em 2016. 

A propaganda eleitoral na TV dos candidatos a deputado federal só começa neste sábado, mas já circula nas redes sociais a peça da campanha de Aécio Neves (PSDB). Um dos trechos do jingle diz: “Aécio Neves nessa eleição vai ser o nosso deputado federal. A gente já conhece, sabe que dá certo”.
 
*Estagiário sob supervisão do editor Renato Scapolatempore 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade