Publicidade

Estado de Minas

TSE adia decisão sobre candidatura de Lacerda ao governo de Minas

Ex-prefeito de BH contesta decisão da Executiva Nacional do PSB que retira a candidatura dele ao cargo


postado em 13/08/2018 13:31 / atualizado em 13/08/2018 15:17

Em convenção tumultuada, o nome do ex-prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, foi aprovado pelos delegados do partido para candidato ao governo de Minas Gerais(foto: Alexandre Guzanshe/EM )
Em convenção tumultuada, o nome do ex-prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, foi aprovado pelos delegados do partido para candidato ao governo de Minas Gerais (foto: Alexandre Guzanshe/EM )
O julgamento referente à candidatura de Marcio Lacerda (PSB) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi adiado. A ação, que seria apreciada nesta segunda-feira (13) pela corte, foi retirada da pauta a pedido do ministro Napoleão Nunes Maia, que ainda está analisando o processo.

Os sete ministros do TSE analisariam, às 14h, uma ação ajuizada pelo ex-prefeito de Belo Horizonte e pelo presidente destituído da comissão estadual do PSB, João Marcos Lobo. A ação contesta a competência do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, de dissolver a comissão provisória do legenda em Minas Gerais. No último dia 4, o ministro Napoleão Nunes Maia validou a decisão da Executiva Nacional do PSB, mas Lacerda conseguiu, no mesmo dia, uma liminar no TRE-MG que manteve a candidatura dele. 

A assessoria de imprensa do TSE confirmou adiamento, mas não apontou razões para a retirada do julgamento da pauta do tribunal, nem soube informar quando a ação será apreciada. O prazo limite para os partidos registrarem as chapas e coligações é na quarta-feira (15).
 
*Estagiário sob supervisão do editor Benny Cohen  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade