Publicidade

Estado de Minas

Disque Denúncia oferece recompensa por vereador do Rio

Wesley George de Oliveira é suspeito de desviar dinheiro público em favor de uma quadrilha de traficantes


postado em 29/07/2018 11:40

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)

O Disque Denúncia, serviço não governamental que trabalha em conjunto com a polícia do Rio, está oferecendo uma recompensa de R$ 2 mil por informações que levem à prisão do presidente da Câmara Municipal de Japeri, na Baixada Fluminense. Wesley George de Oliveira, o Miga, de 38 anos, teve a prisão decretada na última semana e até a noite de ontem era considerado foragido.

Investigado pela Operação Senomes, desencadeada pela Polícia Civil na última sexta-feira (27), o vereador é suspeito de usar suas funções de parlamentar para fraudar licitações e desviar dinheiro público em favor da quadrilha de traficantes do Complexo do Guandu, em Japeri.

A operação é a mesma que prendeu na sexta-feira o prefeito do município, Carlos Moraes (PP), que está sendo investigado por associar-se ao líder da quadrilha que comanda a venda de drogas no Guandu, Breno da Silva de Souza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade