Publicidade

Estado de Minas

Governo de MG afirma que pagou restante da 1ª parcela dos servidores que estava em atraso

Valor para inativos segue sem data para ser pago, segundo informou a Secretaria de Estado da Fazenda


postado em 20/06/2018 18:18

(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press )
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press )

O governo de Minas informou nesta quarta-feira que concluiu o pagamento da primeira parcela do salário dos servidores foi concluído hoje. A previsão inicial era que o valor fosse pago na quarta-feira da semana passada, 13/06, mas na data a Secretaria da Fazenda declarou que apenas 47% dos servidores tinham recebido.

Para o restante foi feito fracionamento do parcelamento na última sexta-feira (20) quando R$ 1.500 foi disponibilizado. A justificativa é que dificuldades em caixa ocasionaram o não cumprimento do calendário inicial, divulgado no início do mês.

No entanto, sobre os servidores inativos ainda não há previsão de quando o restante da parcela fracionada será paga.

“Em relação aos valores restantes da primeira parcela de parte dos servidores inativos, os depósitos serão feitos tão logo o fluxo de caixa do Tesouro Estadual seja normalizado”, informou a Fazenda. Ontem estava previsto o depósito de mil reais, mas apenas R$ 500 foi transferido para as contas dos servidores.

Em nota à imprensa, divulgada na semana passada, a pasta informou que o pagamento da segunda parcela, prevista para 25 de junho, está mantida.

Ainda de acordo com a secretaria, a greve dos caminhoneiros foi o grande causados das dificuldades em caixa.

“A Secretaria de Estado de Fazenda informa que, devido ao reflexo do movimento de paralisação nacional dos caminhoneiros, a arrecadação tributária do estado sofreu uma redução de R$ 340 milhões em relação à expectativa para os primeiros 11 dias de junho".

A forma do parcelamento, como divulgado no início de junho, ficou da seguinte forma: servidores com salário até R$ 3 mil líquidos receberiam integralmente na primeira parcela. Quem tem contracheque até R$ 6 mil tem R$ 3 mil depositado na primeira parcela e o restante na segunda.

Por fim, servidores com salário acima de R$ 6 mil em duas parcelas de R$ 3 mil depositadas em 13 e 25 de junho. O restante tem previsão de cair na conta no dia 29.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade