Publicidade

Estado de Minas

Vereadores de BH aprovam, em 2º turno, reajuste de 10% para servidores da Câmara

Novos salários terão impacto de R$ 9,5 milhões nos cofres públicos


postado em 08/02/2018 18:17 / atualizado em 08/02/2018 18:59

(foto: Karoline Barreto/CMBH)
(foto: Karoline Barreto/CMBH)

Os vereadores de Belo Horizonte aprovaram, em segundo turno, na tarde desta quinta-feira, o reajuste salarial de 10% para os servidores da Câmara. A proposta foi aprovada por 26 votos favoráveis e seis contrários. Os novos valores começam a valer a partir do vencimento de maio. O reajuste terá impacto de R$ 9.533.138,88 nos cofres públicos.

Com a medida, os 1.148 servidores serão beneficiados, incluindo os futuros novosfuncionáriios que serão integrados aos quadros da Casa por meio do concurso público que será realizado ainda neste m~es. Os 102 novos postos de trabalho terão salários que variam de R$ 3.187,25 a R$ 7.853,62, dependendo do cargo.

No ano passado, os servidores da Câmara Municipal já haviam sido contemplados com um reajuste de 10%. Nessa quarta-feira, o projeto já havia sido aprovado em primeiro turno.

“Esse projeto visa dar cumprimento ao que determina a Constituição Federal, em seu artigo 398, promovendo a revisão dos valores remuneratórios praticados pela Câmara em relação aos servidores”, afirma a Mesa Diretora da Câmara na justificativa do projeto.

A reportagem tentou falar com o presidente da Casa, vereador Henrique Braga (PSDB), mas ele não atendeu aos contatos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade