Publicidade

Estado de Minas

Carnaval adia lançamento de pré-candidatura de Lula em BH

Segundo o PT de BH, o partido preferiu não dividir a atenção com os blocos, que estão levando milhares de pessoas para a festa na capital mineira. Ato foi remarcado para 21 de fevereiro


postado em 06/02/2018 09:37 / atualizado em 06/02/2018 09:51

A direção do partido achou melhor não 'competir' com o carnaval de BH(foto: Ricardo Suckert)
A direção do partido achou melhor não 'competir' com o carnaval de BH (foto: Ricardo Suckert)

O PT adiou para o dia 21 de fevereiro a vinda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a Belo Horizonte para um ato em defesa da candidatura do petista ao Palácio do Planalto. O evento seria nesta quarta-feira (7), mas a Direção Nacional do partido avaliou que era melhor mudar a data para não competir com o carnaval, que está estourado na capital mineira.

Belo Horizonte continuará sendo a primeira capital em que Lula virá para o ato, que está sendo considerado pelos organizadores como uma forma de lançamento de sua pré-candidatura nos estados. De acordo com o presidente do PT de BH, vereador Arnaldo Godoy, o adiamento foi acertado na noite desta segunda-feira (5) entre as direções nacional, estadual e municipal petistas.

 “Como o carnaval de BH está muito forte, o partido achou por bem ter um ato mais exclusivo, com toda a pompa, para não dividir as atenções”, justificou Godoy.

Segundo o vereador, a escolha pela capital mineira para iniciar as visitas regionais de divulgação da pré-candidatura foi do próprio Lula, pela importância do estado – segundo maior colégio eleitoral do país  – e pelo fato de o estado ser governado pelo PT, com Fernando Pimentel. “O encerramento da caravana do Lula no fim do ano também foi muito bonito, tinha mais de 20 mil pessoas na Praça da Estação. E tem ainda a relação dele com lideranças como Patrus Ananias e o ex-prefeito Célio de Castro (ex-prefeito de BH, que morreu em 2008)”, diz.

Segundo Godoy, o local ainda está sendo acertado pelos organizadores. O evento desta quarta-feira seria no Expominas. No mesmo dia, tem um dos maiores blocos de pré-carnaval da cidade, o Chama o Síndico, que costuma ter a presença de milhares de pessoas.

O ex-presidente Lula teve a pré-candidatura ao Planalto confirmada pelo PT em reunião da Executiva no dia 25 de janeiro, um dia depois de ele ser condenado a 12 anos e um mês de prisão pelo TRF4. O tribunal aumentou a pena que o juiz Sérgio Moro havia lhe dado pelo caso do triplex no Guarujá.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade