Publicidade

Estado de Minas

Estado de Minas reforça time de colunistas

Roberto Brant abordará assuntos de política e economia


postado em 10/12/2017 06:00 / atualizado em 10/12/2017 09:56

Roberto Brant é presidente do Instituto CNA (foto: Agência Brasil )
Roberto Brant é presidente do Instituto CNA (foto: Agência Brasil )

Com o propósito de trazer sempre opiniões e informações relevantes, o Estado de Minas reforçou há duas semanas seu time de colunistas para que o jornal ofereça a seus leitores análises qualificadas dos fatos políticos e econômicos. E quem também fará parte do quadro de colaboradores, além dos que já estão assinando suas colunas, é o professor, ex-deputado, ex-presidente do BDMG, no governo Hélio Garcia, e ex-ministro da Previdencia, no governo FHC, Roberto Brant.

Atualmente, Brant é presidente do Instituto CNA, cujo sistema é composto por Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que representa os produtores rurais, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) que atua como um instrumento para formação profissional rural, e o Instituto CNA, que desenvolve estudos e pesquisas na área social.

Mais uma contratação de peso no time de colunistas de renome nacional, Roberto Brant passa a assinar quinzenalmente a coluna O Brasil visto por Minas, que circulará às segundas-feiras. Esta também estará presente nas páginas do jornal Correio Braziliense. “Pretendo abordar assuntos relevantes, tanto sobre a política, como a economia, no Brasil, ou seja, fazer uma análise prospectiva de cada uma. Confesso que vejo o país com otimismo, mas com cautela, tanto na política como na economia. Na realidade, houve uma recessão e estávamos em um abismo fiscal, mas, felizmente, hoje as coisas estão melhorando, haja vista que temos a menor taxa de juros dos últimos 60 anos”, ressalta.

“Por outro lado, temos as próximas eleições como uma incógnita. Porém, é preciso que o eleitorado tenha um mínimo de responsabilidade. Sou levado a crer que os setores irão se mobilizar para que haja uma reversão. Mas acredito que tenha de haver uma continuidade para que o país volte a crescer, como no passado. Porém, estou otimista. Esses e outros assuntos serão abordados por mim em minha coluna”, adianta Brant. Integram o time de novos colunistas Pedro Lobato, Reinaldo Azevedo, Marco Antônio Villa, Demétrio Magnoli e Raul Velloso.


Publicidade