Publicidade

Estado de Minas

Policiamento será reforçado na Esplanada, mesmo sem protestos previstos

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social o setor operacional está monitorando a situação e as forças de seguranças estarão prontas, caso seja necessário intervenção


postado em 02/08/2017 07:28

Em nota, a corporação informou que a medida é
Em nota, a corporação informou que a medida é "para garantir a ordem pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio público" (foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

O policiamento na Esplanada será reforçado nesta quarta-feira (2). A medida foi tomada por conta da votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, que pode causar manifestações na região.

De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal, além do efetivo da área, serão empregadas as unidades especializadas como Patamo, Batalhão de Choque, Rotam, Regimento de Policiamento Montada.

Em nota, a corporação informou que a medida é “para garantir a ordem pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio público”. Segundo a assessoria da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social “não haverá nenhum esquema especial de segurança”, pois nenhum movimento popular sinalizou a intenção de protestos.

Mas, de acordo com a assessoria da pasta, o setor operacional está monitorando a situação e as forças de seguranças estarão prontas, caso seja necessário intervenção. A princípio, não haverá bloqueio de nenhuma via de trânsito.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade