Publicidade

Estado de Minas

João Leite diz que Kalil é empreiteiro, quebrou empresa e deve Previdência

O candidato do PSDB disse ainda que nunca quis saber como se administra uma lanchonete, pois seu trabalho é na gestão pública


postado em 19/10/2016 13:05 / atualizado em 19/10/2016 13:32

João Leite recebeu propostas para a cidade de ambientalistas e urbanistas(foto: Jair Amaral / EM / D.A. Press)
João Leite recebeu propostas para a cidade de ambientalistas e urbanistas (foto: Jair Amaral / EM / D.A. Press)

O candidato do PSDB à Prefeitura de Belo Horizonte, deputado estadual João Leite, afirmou, na manhã desta quarta-feira, que seu adversário nas urnas, o ex-presidente do Atlético Alexandre Kalil, não merece respeito por ter quebrado a empresa de sua família e dever imposto previdenciário de seus funcionários. A fala foi em resposta às críticas feitas por Kalil em entrevistas exclusivas ao Portal Uai e Estado de Minas transmitida ao vivo, nesta terça-feira.

“No campo dele, que não é o meu, ele conseguiu quebrar a empresa da família dele, conseguiu quebrar uma empresa de muitos anos”, afirmou João Leite.

Na entrevista ao EM, Kalil havia dito que uma dona de lanchonete tem mais experiência que o tucano em gestão. João Leite respondeu que nunca seria gestor de uma lanchonete porque escolheu dedicar sua vida às pessoas. “Meu campo é a gestão pública e todas as vezes que geri a coisa pública foi com muita competência, os números estão aí”, afirmou.

O candidato do PSDB disse que nunca quis ser um competidor de pessoas e que “gestão pública não é ser empreiteiro”. João Leite disse que, como servidor público, quer fazer uma crítica ao adversário. “Alguém que recolhe dinheiro para a aposentadoria de um trabalhador e enfia no bolso não merece respeito”, afirmou.

"Fora empreiteiros"


Segundo João Leite, esse é o fato mais grave sobre Kalil. “Chega, fora todos os empreiteiros, chega disso aí de gente que quebrou a Previdência brasileira. Hoje temos um drama na aposentadoria do trabalhador e da trabalhadora por causa de pessoas como esse candidato, que cobrou o dinheiro da aposentadoria do trabalhador e enfiou no seu bolso”, afirmou.

Questionado sobre uma propaganda do rival que diz que o PSDB comandou as pastas da saúde, transporte e segurança na PBH e não fez nada, João Leite rebateu: “Nesses últimos anos ele também não fez nada”. João Leite disse ainda ter orgulho do seu trabalho na Assembleia Legislativa.

O candidato do PSDB se reuniu com ambientalistas e urbanistas no Parque Municipal e prometeu incorporar propostas feitas por eles. Entre as medidas, o candidato disse que pretende ampliar a medição do ar em BH para 100% e preservar os espaços ambientais que existem no interior da cidade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade