Publicidade

Estado de Minas

No Rio Grande do Sul, nove pessoas são presas por boca de urna


postado em 05/10/2014 12:39

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) informou, na manhã de hoje, que nove pessoas foram presas por causa de boca de urna no estado: duas em Alvorada, três em Porto Alegre, uma em Livramento e três em Santa Maria. Segundo o tribunal, não foram contabilizadas ocorrências relacionadas a transporte irregular de eleitores e compra de votos.

Até o momento, foram substituídas 199 urnas de um total de 32.769, o que corresponde a 0,75%. Todas as substituições foram por urnas eletrônicas.

A propaganda de boca de urna é considerada crime pela legislação eleitoral. Na boca de urna, candidatos e partidos tentam ganhar nos últimos minutos o voto do eleitor com ações como a distribuição de panfletos e o convencimento de pessoas próximo aos locais de votação.

De acordo com a Lei das Eleições (nº 9.504/97), o recrutamento de eleitores ou a propaganda de boca de urna pode resultar de seis meses a um ano de detenção, com alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, e multa que pode variar de R$ 5.320,50 a R$ 15.961,50.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade