Publicidade

Estado de Minas

PSDB vai entrar com ação na Justiça contra o PT por uso da máquina pública, diz Pimenta

Na tarde dessa terça-feira, vídeo mostra deputado Durval Ângelo agradecendo funcionários dos Correios por ajudar na campanha dos candidatos Fernando Pimentel e Dilma Rousseff


postado em 01/10/2014 10:13 / atualizado em 01/10/2014 11:00

O candidato do PSDB ao governo de Minas, Pimenta da Veiga, disse nesta quarta-feira que o partido vai entrar na Justiça contra o uso da máquina pública para beneficiar candidatos do PT. Pimenta deu a declaração após divulgação nessa terça-feira de um vídeo que mostra o deputado estadual Durval Ângelo (PT) agradecendo a funcionários dos Correios a contribuição à campanha eleitoral petista no estado. Em reunião com dirigentes da estatal em Minas, o parlamentar admitiu que funcionários têm ajudado a candidaturas de Fernando Pimentel, ao governo do estado, e  da presidente Dilma Rousseff à reeleição.

Segundo Durval, a campanha do partido em Minas “tem dedo forte dos petistas dos Correios”. “Se hoje nós temos a capilaridade da campanha do Pimentel e da Dilma em toda Minas Gerais, isso é graças a essa equipe dos Correios.” O encontro teria ocorrido com a presença do presidente da empresa pública, Wagner Pinheiro. (veja vídeo abaixo)

“É uma coisa nunca vista antes. É o uso descarado da máquina pública em favor de uma candidatura. Essa candidatura se tornou totalmente ilegítima. É ilegal, que levaria até mesmo à perda de mandato em caso de um êxito eleitoral”, avaliou Pimenta. De acordo com o tucano, diante desse cenário “é evidente” que o partido vai acionar a Justiça. “É uma coisa escrachada. É o uso descarado de uma empresa séria como é os Correios. É a prática petista. Desmoralizam a Petrobras, estão desmoralizando os Correios. É o segundo ato de abuso dos Correios. O primeiro gerou o mensalão. É inacreditável”, avaliou Pimenta.

O tucano fez campanha na manhã desta quarta-feira na Ceasa, na BR-040, Bairro Kennedy, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ainda na manhã desta quarta-feira, Pimenta apresentará o programa de governo, na sede do comitê de campanha, no Bairro Gutierrez, na Região Oeste de Belo Horizonte. À tarde, Pimenta tem agenda no interior do estado, acompanhado do candidato ao Senado, Antonio Anastasia, e a presidente da República, Aécio Neves. Os tucanos  fazem caminhada e carreata em Juiz de Fora, na Zona da Mata, e em Governador Valadares, na Região Leste do estado.

Defesa

Pelo Twitter, o deputado Durval Ângelo se defendeu, nessa terça-feira, afirmando que o apoio dos funcionários da estatal ocorreu fora do expediente. “Os petistas dos Correios, fora do expediente, têm ajudado muito em nossas campanhas”, postou. Ainda segundo ele, a reunião “foi à noite e no Comitê Central de Fernando Pimentel”.

A assessoria de imprensa dos Correios confirmou a participação do presidente da empresa na reunião. No entanto, disse que a  direção da estatal não está contribuindo para a campanha de nenhum candidato. “'A reunião não ocorreu durante o expediente e a empresa não custeou despesas relacionadas a ela'”, afirmou.

Assista ao vídeo


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade