Publicidade

Estado de Minas

Em vídeo, deputado diz que "tem dedo forte dos petistas dos Correios" na campanha de Dilma

A gravação mostra uma reunião com a presença do dirigente nacional da empresa estatal, Wagner Pinheiro


postado em 30/09/2014 19:42 / atualizado em 01/10/2014 07:40

Em uma reunião de campanha com dirigentes dos Correios em Minas Gerais, o deputado Durval Ângelo (PT) disse que a presidente Dilma Rousseff e o candidato ao governo de Minas, Fernando Pimentel, só conseguiram “capilaridade” da campanha no estado porque “tem dedo forte dos petistas dos Correios”. “Se hoje nós temos a capilaridade da campanha do Pimentel e da Dilma em toda Minas Gerais, isso é graças a essa equipe dos Correios.” O encontro, segundo reportagem publicada no site do Jornal Estado de S. Paulo, teria ocorrido com a presença do presidente da empresa pública, Wagner Pinheiro. A reportagem ainda mostra um vídeo com o trecho da reunião, ocorrida na quinta-feira da semana passada.

No trecho do vídeo divulgado pela reportagem, o deputado estadual ainda afirma que o esforço dos petistas dos Correios será compensado com a reeleição de Dilma e a vitoria de Pimentel. “A Dilma tinha em Minas, em alguns momentos, menos de 30%. Se hoje nós estamos com 40% em Minas Gerais tem dedo forte dos petistas dos Correios. Então, queremos que você leve à direção nacional da campanha da Dilma a grande contribuição que os Correios estão fazendo”, disse. Ângelo ainda pede que o presidente da estatal informe à direção nacional da legenda a “grande contribuição que os Correios estão fazendo na campanha”.

Pelo Twitter, o deputado se defendeu e afirmou que o apoio dos funcionários da estatal ocorreu fora do expediente. “Os petistas dos Correios, fora do expediente, têm ajudado muito em nossas campanhas”, postou. Ainda segundo ele, a reunião “foi à noite e no Comitê Central de Fernando Pimentel”.

Ainda conforme a reportagem, a assessoria de imprensa dos Correios, que confirmou a participação do presidente da empresa na reunião, disse que não está contribuindo para a campanha de nenhum candidato. “'A reunião não ocorreu durante o expediente e a empresa não custeou despesas relacionadas a ela'”, afirmou.

Já a campanha de Pimentel disse ao site do jornal que o candidato tem reuniões e recebe apoio de vários servidores de Minas, inclusive dos Correios. Pimentel teve encontro na semana passada com o diretor dos Correios em Minas, Pedro Amengol. Procurado pela reportagem, Amengol não retornou a ligação.

Confira, na íntegra, o vídeo feito durante o discurso do deputado na reunião


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade