Publicidade

Estado de Minas

Candidatos ao Governo de Minas se enfrentam em debate promovido pelos Diários Associados

Programa será transmitido ao vivo às 22h30 de terça-feira pela TV Alterosa, Portal Uai e Rádio Guarani


postado em 22/09/2014 00:12 / atualizado em 22/09/2014 14:27

Os principais candidatos ao governo de Minas terão uma série de debates nos próximos dias. A maratona começou na noite de ontem, com o debate na RedeTV!, segue amanhã com o debate dos Diários Associados transmitido pela TV Alterosa e prossegue na sexta-feira com o enfrentamento na Rede Record. Por último, no dia 30, será a vez da TV Globo transmitir a disputa de ideias e propostas.


“Essa é uma fase de muito risco para quem está assegurado para ir ao segundo turno ou vencer no primeiro”, avalia o cientista político Rudá Ricci. Na análise do especialista, não é somente a audiência da televisão que conta, mas principalmente a maneira como os momentos mais interessantes do debate repercutem nos dias seguintes. Rudá explica que, diante da pressão e da chance de ser frontalmente atacado, o candidato que lidera as pesquisas pode encontrar uma justificativa para não comparecer ao debate. “A história mostra que não acontece nada com quem não vai”, destaca.

O cientista político cita o exemplo do debate promovido pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) entre os candidatos à Presidência na última semana. Na ocasião, o cansaço da reta final de campanha e um ataque forte de candidatos praticamente fora da disputa podem ter um impacto negativo nas intenções de voto de quem ainda está no páreo.

Para o deputado estadual Marcus Pestana, presidente do PSDB em Minas Gerais, os debates têm um impacto maior que os programas eleitorais. “O eleitor valoriza muito mais as informações e as polarizações feitas na frente dos outros candidatos. A credibilidade é maior e é muito menos unilateral”, avalia. O tucano não detalha qual será a estratégia de seu correligionário, mas destaca que “ser firme e contundente não é sinônimo de falta de educação”.

PREPARAÇÃO

As pesquisas de intenção de voto indicam uma vantagem do candidato Fernando Pimentel (PT). O petista não teve nenhum compromisso público e, segundo sua assessoria, passou o domingo se preparando para o debate. Em seu perfil no Facebook, no entanto, o petista informou que uma laringite o impediria de participar do prograna na RedeTV! Pimentel lementou a ausência e pediu desculpas aos telespectadores e aos adversários. No sábado, já afônico, ele também cancelou um encontro que teria com o músico Flávio Renegado. Hoje, ele faz ato de campanha em Ribeirão das Neves ao lado da presidente Dilma Rousseff (PT).

O candidato do PSDB, Pimenta da Veiga, também não teve nenhum compromisso público ontem e, segundo sua assessoria, gravou programa para o horário eleitoral e se preparou para o debate. Hoje, o tucando participa de carreatas em Betim e Contagem na companhia do presidenciável do seu partido, Aécio Neves.

Ao ser questionado, na semana passada, se mudaria a estratégia para os debates desta semana, Pimenta disse que, se pudesse, “gostaria de mudar o comportamento dos adversários, que foram muito agressivos”. Quando questionado, na última semana, sobre sua estratégia para o debate, Pimentel disse que manterá uma campanha de “alto nível”.

O primeiro e único debate realizado até agora entre os candidatos ao governo de Minas foi em 7 agosto, na Band. Além de Pimentel e Pimenta, participaram Tarcísio Delgado (PSB) e Fidélis Alcântara (Psol), cujos partidos também têm representação na Câmara dos Deputados, conforme dita a Lei Eleitoral (Lei 9.504/1997).

NA TV ALTEROSA

Amanhã é a vez dos candidatos ao governo de Minas Gerais se enfrentarem no debate dos Diários Associados. O programa será transmitido ao vivo pela TV Alterosa, às 22h30, depois do Programa do Ratinho, pelo Portal Uai e pela Rádio Guarani (96,5 FM). A duração será de uma hora e meia. Foram convidados postulantes de partidos com representação na Câmara dos Deputados, conforme dita a Lei das Eleições (Lei 9.504/1997). Confirmaram presença Fernando Pimentel (PT), Pimenta da Veiga (PSDB), Tarcísio Delgado (PSB) e Fidélis Alcântara (Psol).

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade