Publicidade

Estado de Minas

Coordenador da campanha de Aécio diz que gestão petista fez do IBGE um comitê eleitoral

"O vírus da mentira e da falta de credibilidade, infelizmente, se espalhou por toda a administração pública federal".


postado em 19/09/2014 20:07 / atualizado em 19/09/2014 20:38

O ex-governador Alberto Goldman, coordenador da campanha do candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, afirmou que a admissão de erros na divulgação da Pnad-2013, feita pelo próprio Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nada mais é do que um retrato da própria administração da presidente e candidata à reeleição pelo PT, Dilma Rousseff. Em entrevista ao Broadcast Político, Goldman disse que "todas as instituições do país que estão sob o comando de Dilma não são mais confiáveis, não há nada mais sério que possamos acreditar."


Para o coordenador da campanha de Aécio Neves, sob a gestão petista, instituições do país foram transformadas em instrumentos político-eleitorais. "As instituições que Dilma dirige foram transformadas em verdadeiros comitês eleitorais, não se poderia esperar outra coisa de uma presidente sem credibilidade, posso afirmar que a credibilidade é zero." Ainda nas críticas, o tucano disse que "o vírus da mentira e da falta de credibilidade, infelizmente, se espalhou por toda a administração pública federal".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade