Publicidade

Estado de Minas

Patrus se reúne com bancadas do PT e PMDB e diz que disputa será acirrada

O candidato da coligação da "Frente BH Popular" se encontrou com petistas e peemedebistas em restaurante na Zona Sul de BH


postado em 11/07/2012 17:21 / atualizado em 11/07/2012 19:16

Patrus almoçou com parte da bancada do PT e PMDB para tratar de estratégias da campanha(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Patrus almoçou com parte da bancada do PT e PMDB para tratar de estratégias da campanha (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)


O ex-ministro e candidato à prefeitura de Belo Horizonte, Patrus Ananias (PT) se encontrou nesta quarta-feira com parte das bancadas do PT e do PMDB. O candidato da coligação “Frente BH Popular”, reiterou os desafios da disputa que, segundo ele, será acirrada. “Vai ser uma caminhada difícil em que nos estamos disputando democraticamente com o prefeito que tem o apoio do governo do estado e de outras lideranças políticas importantes”, afirmou. Patrus estava acompanhado do candidato a vice na chapa, Aloísio Vasconcelos, e do presidente municipal do PT e atual vice-prefeito, Roberto Carvalho. O encontro foi realizado em um restaurante na Zona Sul de BH.

Em sua fala, o petista destacou que a campanha será voltada para os desafios que a capital tem atualmente, afastando a acusação dos adversários de que haveria nacionalização das discussões. Ele apontou a dificuldade de mobilidade na cidade, os problemas no trânsito e a saúde pública do município como merecedores de atenção especial na campanha e em seu plano de governo. O candidato voltou a reiterar que espera uma campanha de alto nível. Apesar disso, ele considera que a disputa pelo eleitor será intensa. “Sempre aprendi a respeitar adversários. Teremos uma caminhada disputada”, analisou.

Empate técnico

Em pesquisa eleitoral divulgada pelo Jornal Estado de Minas, nesta quarta-feira, Patrus Ananias (PT) aparece com 29% das intenções de voto. Apesar de estar atrás do rival, Márcio Lacerda (PSB), que recebeu 34% dos votos, o quadro revela um empate técnico entre os dois, já que a margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi realizada pelo EMData entre os dias 8 e 10 deste mês. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número MG 00136/2012

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade