UAI
Publicidade

Estado de Minas CLIMA

Temporais, vento e granizo: Minas, SP e Rio estão sob alerta vermelho

Defesa Civil Nacional informa que regiões em risco já foram notificadas; segundo o Inmet, volume de chuvas pode ultrapassar os 100mm e os ventos, 100km/h


28/01/2022 16:48 - atualizado 28/01/2022 18:06

Cidade mineira alagada com as chuvas do inicio de 2022
Previsão de chuvas fortes em Minas neste fim de semana, com ventos e possibilidade de granizo (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro estão sob alerta vermelho para temporais, com ventos e granizo, nas próximas horas, podendo durar até quatro dias.  
 
De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o volume de chuvas previsto é ultrapassa os 100 milímetros por dia. O Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec) vai monitorar a evolução dos avisos em tempo real e as regiões que devem ser afetadas já foram notificadas da situação. Os temporais podem ser acompanhados de rajadas de vento superiores a 100 km/h e queda de granizo. 
 
As regiões com maior potencial de serem afetadas em Minas são Sul/Sudoeste, Zona da Mata, Campo das Vertentes e Oeste. Já em território paulista estão as Regiões Metropolitana e Macro Metropolitana da cidade de São Paulo, Campinas, Araraquara, Piracicaba, Ribeirão Preto e Vale do Paraíba. Além disso, também devem ficar em alerta os moradores do Sul e Centro Fluminense e da Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
 
Segundo o Inmet, haverá atuação do fenômeno Zona de Convergência do Atlântico Sul quando uma faixa de nuvens fica praticamente estacionada, provocando grande quantidade de chuvas contínuas, na mesma área, por, pelo menos, quatro dias. 
 
A Defesa Civil Nacional reforça a tomada de alguns cuidados que podem ajudar a reduzir danos materiais e preservar vidas em caso de ocorrências graves relacionadas às chuvas intensas. Veja quais:
 
  • Desligar os aparelhos elétricos e o quadro geral de energia. 
  • Em caso de enxurrada ou similar, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos. 
  • Caso haja uma situação de grande perigo confirmada na sua região, procure abrigo e evite permanecer ao ar livre.
  • Para mais informações, procure a Defesa Civil local por meio do telefone 199 ou o Corpo de Bombeiros, pelo número 193.
*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera schmitz


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade