Publicidade

Estado de Minas FORAGIDO

''Pelo amor de Deus, se entregue'', diz mãe de Lázaro Barbosa

Eva Maria disse que espera que filho se renda e afirma que a família está sofrendo por causa de notícias falsas


18/06/2021 17:40

Busca por Lázaro Barbosa já dura 10 dias (foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
Busca por Lázaro Barbosa já dura 10 dias (foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)

É com sentimento de angústia e aperto no coração que a mãe de Lázaro Barbosa, procurada pelo assassinato de uma família em Ceilândia Norte, há 10 dias, tem vivido os últimos tempos. Eva Maria Sousa teme pela morte do filho e acredita que a melhor saída é que ele se renda aos policiais. "Pelo amor de Deus, se entregue”, diz. “Seria melhor para ele e para nós. Como mãe, eu quero isso”, pede
Em entrevista ao Correio e ao Jornal Local, da TV Brasília, a mãe do criminoso afirma que a vida da família mudou completamente e que eles estão sendo alvo de preconceito e notícias falsas. “Falaram que encontraram coisas de bruxaria na minha casa. Eu não participo e não tenho conhecimento disso. Eles não encontraram nada na minha casa. Isso é uma mentira. Está manchando a minha imagem e a da minha família inteira. Eu não sou feiticeira”, afirmou.

A mulher também rechaça as acusações de que Lázaro pratique qualquer tipo de ritual. “Não temos participação com esse negócio de bruxaria. E ele também não. Todo mundo me conhece”, diz. Eva acredita que Lázaro não agiu sozinho na chacina de Ceilândia. “Ele não fez isso só. A polícia tem que correr atrás. Eles têm que saber quem são os outros que estavam com ele. Eu quero que a polícia investigue isso”, ressalta.


Caçada

Nessa quinta-feira (17/6), a busca por Lázaro Barbosa foi incessante. Depois de vasculhar, pela manhã, uma área de vale em frente à antiga base da força-tarefa onde o foragido teria sido visto por duas pessoas na madrugada, a polícia intensificou a procura durante a tarde.

Um homem relatou aos policiais que viu o fugitivo e as viaturas e helicópteros saíram em disparada para procurá-lo na mata. Houve uma troca de tiros entre policiais militares e Lázaro, que conseguiu escapar, mais uma vez.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade