Publicidade

Estado de Minas CRIME

Quatro presos por assassinato de homem que reclamou da 'qualidade' da droga

Vítima, identificada como Gilmar Eduardo da Silva, de 32 anos, foi morto a facadas na madrugada do dia 6 de março


23/04/2021 09:10

(foto: Divulgação/PCDF)
(foto: Divulgação/PCDF)
A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) cumpriu, nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (23/4), mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra quatro pessoas envolvidas em um assassinato ocorrido em 6 de março, em Ceilândia. A vítima, identificada como Gilmar Eduardo da Silva, 32 anos, foi morto a facadas após reclamar da "qualidade" da droga.

Segundo as investigações conduzidas pela 19ª Delegacia de Polícia (P Norte), o grupo investigado é responsável pelo tráfico de drogas da QNQ de Ceilândia. No dia do crime, a vítima teria comprado entorpecentes dos criminosos, mas reclamou da qualidade da droga. Imagens do circuito interno de segurança registraram o momento em que o grupo discute com Gilmar e chega a agredi-lo minutos antes de matá-lo.

A partir de um intenso trabalho investigativo, a polícia identificou os envolvidos no homicídio. Três dos autores foram presos em Ceilândia e um deles foi detido em Bonfinópolis (MG), com o apoio da Polícia Civil de Minas Gerais. "Vale a pena frisar que o quinto envolvido identificado foi morto por um familiar da vítima e, após isso, esse parente foi preso em flagrante pelo crime", completou o delegado-adjunto da 19ª DP, Thiago Peralva.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão nas residências dos acusados, a polícia apreendeu drogas e munições de arma de fogo. Além de responderem pelo crime de homicídio, os indiciados também foram autuados por tráfico de drogas e posse irregular de munição.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade