Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: Rede pública do DF tem só um leito de UTI disponível para adultos

De acordo com a secretaria de Saúde, há dois leitos de UTI pediátricos e apenas um adulto disponível para o tratamento de infectados pelo novo coronavírus


26/02/2021 16:39 - atualizado 26/02/2021 16:48

Rede pública de saúde do Distrito Federal está com 98,22% dos leitos de UTI voltados ao tratamento da COVID-19 ocupados(foto: Breno Esaki/Agência Saúde)
Rede pública de saúde do Distrito Federal está com 98,22% dos leitos de UTI voltados ao tratamento da COVID-19 ocupados (foto: Breno Esaki/Agência Saúde)
A rede pública de saúde do Distrito Federal atingiu, nesta sexta-feira (26/2), 98,22% de ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) voltadas ao tratamento da COVID-19. De acordo com os dados da Sala de Situação da Secretaria de Saúde, apenas um leito adulto está disponível e dois pediátricos.

Outros 11 leitos estão bloqueados aguardando liberação. No total, são 180 leitos, sendo que 166 estão ocupados.

Procurada pela reportagem, a secretaria não respondeu aos questionamentos. O espaço segue aberto.

Nessa quinta-feira (25/2), o DF registrou aumento de 60,7% nos casos de novo coronavírus.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) anunciou o toque de recolher na capital federal.

Rede particular


Na rede particular, a ocupação é de 86,19%.

Dos 216 leitos disponíveis, 183 estão com pacientes e quatro bloqueados.

Na manhã desta sexta-feira (26/2), em visita ao Hospital Regional de Samambaia (Hrsam) e à obra da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ceilândia, o governador Ibaneis Rocha (MDB) anunciou a ativação de mais 60 leitos destinado aos pacientes infectados pelo novo coronavírus.

A ação faz parte de uma mobilização para conter o avanço do vírus na capital.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade