Publicidade

Estado de Minas UNIVERSIDADES FEDERAIS

MEC recua e indica que revogará portaria sobre volta às aulas presenciais

Algumas horas após a publicação da norma, que determina o retorno às atividades presenciais nas universidades, ministério afirma que a decisão será revogada


02/12/2020 15:59 - atualizado 02/12/2020 16:30

(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
O Ministério da Educação (MEC) voltou atrás na portaria nº 1.030, que decidia pelo retorno às atividades presenciais nas instituições federais de ensino em 4 janeiro. A portaria havia sido divulgada na manhã desta quarta-feira (2/12), mas teve repercussão negativa e será revogada pelo MEC.

 

Em entrevista à CNN, o ministro da educação, Milton Ribeiro, afirmou que será realizada uma consulta pública com o setor acadêmico antes de novas decisões serem publicadas.

 

A portaria entraria em vigor em 4 de janeiro de 2021 e determinava que recursos digitais poderiam ser utilizados na educação somente em caráter excepcional e complementar para a integralização da carga horária das atividades pedagógicas enquanto durar a pandemia do novo coronavírus.

 

Conforme apurou o Estado de Minas, a reitora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) já havia sinalizado que a instituição não mudaria seus planos de retomada de atividades presenciais. A União Nacional do Estudante (UNE) publicou post no Instagram se manifestando contra a pressão do MEC para o retorno presencial nas universidades federais.

 

 

 

* Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade