Publicidade

Estado de Minas LOCKDOWN

Governador Ronaldo Caiado orienta lockdown de 14 dias em Goiás

Político sugeriu que comércio feche por 14 dias e reabra por igual período, alternadamente, até setembro


postado em 29/06/2020 11:41

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), orientou um lockdown (isolamento total) de 14 dias no estado a partir de terça-feira (30/6). O pedido foi feito aos prefeitos dos municípios goianos em uma reunião nesta segunda-feira (29/6). 

A orientação para a imposição de uma quarentena mais rígida surgiu após um estudo da Universidade Federal de Goiás (UFG) apontar que o sistema de saúde do estado pode colapsar em julho. Segundo os pesquisadores, se nada for feito para aumentar o índice de isolamento social, 13.530 pessoas morrerão por covid-19 nos próximos meses no estado.

Diante da estimativa, o governador sugeriu que os prefeitos fechem o comércio por 14 dias e reabra por igual período, alternadamente, até setembro. Atualmente, a média de isolamento social do estado é de 46,3%, segundo o site de monitoramento In Loco. Abaixo do índice de confinamento recomendado por autoridades de saúde, que é de 70%.
O governador ponderou ainda que os prefeitos precisam rever as flexibilizações e disse que a polícia está à disposição, caso os municípios optem pelo lockdown. "Eu não posso aceitar que haja omissão de autoridades. A responsabilidade é de todos nós. Cada prefeito e cada prefeita vai responder pelo caos nos seus municípios. Reflitam bem, analisam bem", disse o governador

O estado de Goiás tem 21.984 casos do novo coronavírus, com 435 óbitos registrados. Apesar de, na comparação com os outros estados, os números serem baixos, a curva de novas infecções é a que mais cresce no país.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade