Publicidade

Estado de Minas PRESSÃO SOBRE TEICH

Bolsonaro: 'Teich pode dar nesta sexta resposta sobre protocolo para cloroquina'

Teich não parece apoiar integralmente a linha de pensamento do presidente


postado em 14/05/2020 20:11 / atualizado em 14/05/2020 22:07

Teich não parece apoiar integralmente a linha de pensamento do presidente(foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Teich não parece apoiar integralmente a linha de pensamento do presidente (foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
O presidente Jair Bolsonaro afirmou que nesta sexta-feira, 15, o ministro da Saúde, Nelson Teich, dará uma resposta se haverá alteração sobre o protocolo do ministérios a respeito do uso da cloroquina.

"O Conselho Federal de Medicina (CFM) recomenda o uso da cloroquina a partir dos primeiros sintomas e o nosso protocolo, do dia 31 de março, ainda da época do ministro Mandetta, diz que só pode ser usada a partir do elemento estar em estado grave", disse Bolsonaro em transmissão semanal ao vivo.

"Eu acho que amanhã (sexta) o Nelson Teich dá uma resposta para a gente. Eu acho que vai ser pela mudança do protocolo para que se possa aplicar durante os primeiros sintomas", disse.

Teich não parece apoiar integralmente a linha de pensamento do presidente, que prevê que as substâncias deveriam ser prescritas também para doentes com sintomas leves do coronavírus.

"Cloroquina hoje ainda é uma incerteza. Houve estudos iniciais que sugeriram benefícios, mas existem estudos hoje que falam o contrário [...] Os dados preliminares da China é que teve mortalidade alta e que o remédio não vai ser divisor de águas em relação à doença", comentou o ministro no começo da semana.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade