Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Governo anuncia novo investimento em testes e leitos para a COVID-19

Além de adquirir mais 2,5 milhões de testes, Ministério da Saúde investirá R$ 266 milhões nas UTIs de hospitais


postado em 24/04/2020 16:58 / atualizado em 24/04/2020 19:10

De acordo com Ministério da Saúde, Minas Gerais receberá mais 50 leitos de UTI(foto: Ministério da Saúde/Divulgação)
De acordo com Ministério da Saúde, Minas Gerais receberá mais 50 leitos de UTI (foto: Ministério da Saúde/Divulgação)
O Ministério da Saúde divulgou que planeja desenvolver uma nova forma de testagem do coronavírus no Brasil.  De acordo com a pasta, a metodologia vai prever como a doença vem se espalhando por todas as regiões do país, além de ceder informações que seriam importantes para as estratégias de combate.
 

De acordo com o governo, serão distribuídos 2,5 milhões de testes do coronavírus. O total a ser adquirido pelo país é de 46,2 milhões, com as entregas sendo feitas de três em três meses. De acordo com o ministro da Saúde, Nelson Teich, a Organização Pan-Americana de Saúde entregará 500 mil testes a cada três dias. Além disso, de acordo com o ministro, 13,9 milhões de equipamentos de proteção individual foram enviados aos estados nesta semana – eles serão usados por profissionais de saúde.
 
“Precisamos entender como está a prevalência do coronavírus na população. Quantas pessoas já foram infectadas, o quanto isso se reflete nos dados que foram divulgados. Verificar qual é o índice de subnotificação e como, de fato, o coronavírus está afetando a população”, afirmou Nelson Teich pelo Twitter. 

Nesta sexta-feira, o governo anunciou investimento de R$ 255,6 milhões para reforçar os 1.761 leitos de UTI no país. Os recursos serão repassados pelo Ministério da Saúde nos próximos três meses. Os equipamentos serão entregues aos estados cuja proporção do COVID-19 tem sido maior. Quem mais receberá leitos é o estado de São Paulo, com 744 (42%). Em Minas Gerais, serão distribuídos mais 50.

Em 8 de abril, o Ministério da Saúde publicou a Portaria nº 568, de 26 de março de 2020 que dobrou o valor do custeio diário dos leitos UTI Adulto e Pediátrico de R$ 800 para R$ 1,6 mil, em caráter excepcional, exclusivamente para o atendimento dos pacientes com coronavírus. Com isso, esses leitos habilitados temporariamente já começam a receber o valor diferenciado do incentivo.
 
O último balanço do Ministério da Saúde mostrou que o Brasil teve 3.313 mortes por coronavírus. São 52.995 casos confirmados e outros 19.606 descartados. Segundo a pasta, 26.573 pessoas se curaram da doença. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade