Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Crédito de R$ 5 bi e incentivo a viagens nacionais: ministro do Turismo detalha ações de retomada do setor

Marcelo Álvaro Antônio afirmou que recursos serão liberados mediante aprovação do Ministério da Economia


23/04/2020 21:20 - atualizado 23/04/2020 22:23

(foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)
(foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)
O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, disse que espera, nos próximos dias, a aprovação da Medida Provisória que garanta um crédito extraordinário de R$ 5 bilhões para serem convertidos em linhas de crédito para empresas do setor, junto ao Ministério da Economia. Outra medida para tentar aliviar a crise motivada pela pandemia do coronavírus será o lançamento de uma campanha de incentivo para que as pessoas priorizem destinos brasileiros em roteiros de viagens.

De acordo com Marcelo Álvaro Antônio, a Medida Provisória para creditar R$ 5 bilhões no setor de turismo servirá para gerar capital de giro para empresas, que viram de uma hora para outra as receitas caírem a zero. Nesta quinta-feira (23), trabalhadores do ramo fizeram uma carreata em diversas ruas de Belo Horizonte e cidades da Região Metropolitana, como Contagem e Betim, pedindo facilidade para o acesso às linhas de crédito, além de juro menor.

“Temos plena consciência de que as empresas do turismo, sejam elas micro, pequenas, médias ou grandes, não estão conseguindo acesso ao crédito. Isso é uma consciência que nós temos. Elaboramos uma Medida Provisória, está na Economia, fazendo um provisionamento de um recurso extraordinário para o Turismo de R$ 5 bilhões para que a gente consiga apresentar linhas de crédito, sobretudo para o capital de giro, com condições extremamente atrativas”, disse o ministro, em transmissão ao vivo feita pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Outra medida para tentar reaquecer a economia do turismo é uma campanha, a ser criada nos próximos dias, incentivando viagens a destinos nacionais. De acordo com Marcelo Álvaro Antônio, os brasileiros, somente no ano passado, deixaram US$ 19 bilhões no exterior apenas em passeios.

“Já estamos construindo processo da retomada do turismo no Brasil. Isso vai passar por vários aspectos, como por exemplo, uma grande campanha nacional de promoção, para que os brasileiros tenham essa consciência de que a melhor forma de ajudar o Brasil a gerar empregos e, sobretudo, conhecer nossas maravilhas, é fazendo o turismo doméstico”, concluiu.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade