Publicidade

Estado de Minas

Amazonas registra primeira morte por Covid-19 fora do Sudeste

Segundo o governo local, paciente vivia em Parintins (AM) e veio para a capital Manaus no último sábado, quando se internou em um pronto-socorro com insuficiência respiratória


postado em 24/03/2020 23:53

(foto: Divulgação/AFP)
(foto: Divulgação/AFP)

 

Última região a registrar casos de infecção pelo novo coronavírus, o Norte do Brasil computou, na noite desta terça-feira (24), a primeira morte do país fora do território Sudeste. A vida perdida é de um morador de Parintins, no interior do Amazonas.

 

Segundo o governo do estado, o paciente estava internado no Hospital de Pronto-Socorro Delphina Aziz, em Manaus, desde sábado (21). Ele enfrentava um quadro de insuficiência respiratória com grave comprometimento pulmonar.

 

Segundo o Executivo estadual, o homem tinha hipertensão arterial. No domingo, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória, mas foi socorrido e estabilizado pela equipe do hospital.

 

Nesta terça, contudo, a vítima teve uma parada cardiopulmonar, sofreu com uma pressão arterial instável e foi vítima de uma nova parada cardiorrespiratória.

 

O hospital tentou reanimar o homem, mas ele não resistiu. A equipe médica computou a morte no início da noite.

 

Em vídeo gravado nas redes sociais, o governador do Amazonas Wilson Lima (PSC) não citou o caso da morte no estado, mas repercutiu o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

 

De acordo com o governador, o estado não voltará atrás de nenhuma medida tomada para frear o novo coronavírus em seus 62 municípios.

 

"Elas (as medidas) foram tomadas de maneira responsável e seguindo o protocolo do Ministério da Saúde", garantiu Wilson Lima.

 

Conforme o último levantamento do governo local, o Amazonas concentra 47 casos confirmados da Covid-19, sendo 45 na capital Manaus e dois em Parintins. Um desses da última cidade resultou na primeira morte de um brasileiro fora da Região Sudeste.

 

Dos 47 pacientes diagnosticados, um está internado na rede estadual e outros três na rede particular de saúde, conforme o Executivo estadual. Há, ainda, 26 casos em investigação.

 

Com mais essa vida perdida, o Brasil já registra 47 mortes pela doença causada pelo novo coronavírus. São 40 no estado de São Paulo e outras seis no Rio de Janeiro, além do amazonense.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade